A ciência deve ser considerada como um instrumento para o desenvolvimento social e econômico

- Manoel Otávio da Costa Rocha

Manoel Otávio da Costa Rocha

O professor Titular da Faculdade de Medicina da UFMG, Manoel Otávio da Costa Rocha, acredita que seus maiores feitos não são apenas aqueles premiados ou reconhecidos como referência da literatura mundial. Para ele, a maior relevância da pesquisa está quando ela faz sentido, para as pessoas e para a sociedade. “Em tudo o que eu fiz, procurei estar em sintonia com aquilo que aprendi quanto ao que é ciência, o que é universidade e o que é ser um professor pesquisador”, declara.

“Sempre procurei fazer pesquisas voltadas às necessidades sociais, ou seja, minha pesquisa se volta à busca de conhecimento sobre problemas autóctones, problemas endêmicos no Brasil”, continua. “Acho que pesquisar é buscar resposta a uma pergunta que me inquieta, com prazer intelectual, sentido e relevância. A ciência deve ser considerada como um instrumento para o desenvolvimento social e econômico”, ressalta.

+ ler tudo

Uma coisa de ser pesquisador e de ser professor que eu acho muito bonita é que você continua jovem. É uma jovialidade persistente e a manutenção dessa chama da curiosidade, do encantamento

+ ouça também

Anteriores