agario - agario - agario
Doenças infecciosas e vetoriais no ambiente urbano - OSUBH

Doenças infecciosas e vetoriais no ambiente urbano

Veja os subprojetos

Toxoplasmose congenita

Objetivo Avaliar exames oftalmológicos de uma coorte de crianças com toxoplasmose congênita (TC) após a triagem neonatal.

Saiba mais

Taxas de infecção de HIV e sífilis e inventário de conhecimento, atitudes e práticas de risco relacionadas às infecções sexualmente transmissíveis entre usuários de drogas em 10 municípios brasileiros

Objetivo Construir indicadores relacionados à vulnerabilidade à infecção pelo HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis para usuários de drogas brasileiros, a partir da aplicação de inquérito em 10 municípios brasileiros.

Saiba mais

Ajude-Brasil II: Avaliação Epidemiológica das Ações de Redução de danos realizadas pela Pesquisa e Redução de Danos (PRD)

Objetivo Conhecer o perfil sociodemográfico, as condições de vida e saúde dos Usuários de Drogas Ingetáveis (UDI), os fatores de risco para a infecção pelo HIV, HTLV, Hepatite B e C e o uso dos serviços dos Pesquisa e Redução de Danos (PRD). Continuação do estudo AjUDE-BRASIL I. Período: 1998-2006

Saiba mais

Fatores associados ao Óbito por Tuberculose em Recife, Pernambuco

Objetivo Avaliar a sobrevida dos indivíduos com tuberculose residentes em Recife (PE) notificados ao Sistema de Informação de Agravos de Notificação no período de janeiro de 1996 a junho de 2001. Período: 2002-2003

Saiba mais

HTLV (Vírus Linfotrópico Humano de Células T)

Objetivo Avaliar carga proviral do HTLV-I; caracterizar o perfil HLA; avaliar, determinar e quantificar determinantes de composição e contextuais, possivelmente mais distalmente posicionados na história natural da infecção e doenças associadas. Subdivisão do subprojeto: Aspectos epidemiológicos da infecção pelo HTLV-I/II: preditivos laboratoriais da evolução clínica – Período: 2001-2006 Avaliação da […]

Saiba mais

Aspectos eco-epidemiológicos da Leishmaniose Visceral em Belo Horizonte (MG)

Objetivo Detectar fatores de risco individuais e integrais do ambiente peri-urbano e urbano associado a leishmaniose visceral humano. Período: 1998-Atual

Saiba mais

Dengue em um grande centro urbano: Belo Horizonte (MG) – Fases 1, 2 e 3

Identificar sorotipos prevalentes do vírus da Dengue na cidade de Belo Horizonte; correlacionar a soroprevalência com os índices de infestação predial; avaliar o estado de imunoproteção contra os sorotipos de DEN 1, 2 e 3 e subsidiar a implementação das ações de vigilância da infecção por Dengue.

Saiba mais