Notícias Externas

Websimpósio abordou mudança na Politica Nacional de Atenção Básica


Publicado em: ExternasNotícias - 29 de novembro de 2017

 Carol Prado*

Durante o mês de novembro, o Centro de Tecnologia em Saúde da Faculdade de Medicina da UFMG (Cetes)  realizou o 1º websimpósio “Cenário e atualização para agentes comunitários de Saúde”. As webconferências, direcionadas a Agentes Comunitários de Saúde (ACS), estudantes, e demais profissionais da área de saúde,  ocorreram nas tardes das segundas-feiras do mês.

Nas quatro datas, palestrantes e participantes debateram o papel do ACS, a situação dos profissionais em Minas Gerais e suas atribuições dentro da unidades de saúde.

A vice-coordenadora do Núcleo de Telessaúde da Faculdade de Medicina da UFMG, professora Alaneir de Fátima dos Santos, frizou que a realização do evento é importante para sanar dúvidas dos profissionais devido as mudanças na Política Nacional de Atenção Básica (PNAB). “Essa modificação na PNAB mudou substancialmente o papel dos agentes em relação à participação e às atribuições na atenção básica. Haviam muitas dúvidas e resolvemos desenvolver o web simpósio em função disso” explicou Alaneir.

Em média, 2.500 espectadores assistiram às palestras, com pequenas variações de quantidade conforme o dia do simpósio. De acordo com a professora Alaneir, em Minas Gerais, são mais de 29 mil ACS. Para ela, ainda há muito que trabalhar para levar mais agentes aos cursos, mas a adesão digital é realmente processual.

Para a professora Eliane Guimarães, diretora da Escola de Enfermagem da UFMG, o websimpósio foi uma experiência enriquecedora pela participação expressiva dos ACS e pelo conteúdo propriamente dito. Ela destacou os esclarecimentos sobre a PNAB, a aproximação com os profissionais e a possibilidade de integrar teoria e prática.

Giovane Neiva, gerente de Estratégia Saúde da Família (ESF) do município de Piranga, na Zona da Mata de Minas Gerais, contou como foi a mobilização da equipe para participação no simpósio. “Montamos uma sala no departamento de saúde para participação conjunta. Foi um ótimo momento e oportunidade para nosso aperfeiçoamento”, considerou. “Aguardamos a realização de outros eventos de teleducação e, com certeza, participaremos”, completou.

Ana Paula de Freitas, ACS de Conceição do Pará, no oeste de Minas Gerais, afirmou que o websimpósio esclareceu diversas dúvidas. “O que mais gostei foi abordarem a PNAB, que é, inclusive, importante para o futuro na nossa profissão”, declarou.

Para Alaneir, a intenção é executar outros eventos como esse periodicamente. “A perspectiva é termos uma agenda sobre temas a serem discutidos com os agentes comunitários de saúde a partir do próximo semestre”, concluiu.

 

*Redação: Carol Prado – estagiária de jornalismo
Edição: Mariana Pires

    Contador de visitas: 111 visualizações

    Veja também: