Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Vertigem pode ser sinal de problemas no labirinto


Publicado em: ExternasNotícias - 18 de Janeiro de 2016

Você já se levantou subitamente e sentiu uma pequena tontura e escurecimento da visão? Essa sensação está relacionada ao sistema cardiovascular do nosso corpo que, devido à gravidade, precisa de alguns milésimos de segundo para fazer o sangue chegar a todo o organismo. Episódios assim são comuns, podendo, também, acontecer em casos de desidratação e baixos níveis de açúcar no sangue, por exemplo.

A sensação é diferente quando a tontura é causada por uma labirintite, um problema no labirinto, órgão que controla o equilíbrio corporal. Nesse caso, sente-se o ambiente girando no campo visual. Essa sensação de estar rodando, apesar de estarmos parados, é quando a tontura é chamada de vertigem. “Se o paciente teve essa sensação, é indicado fazer uma avaliação médica”, afirma a professora do Departamento de Oftalmologia e Otorrinolaringologia da Faculdade de Medicina da UFMG, Denise Utsch Gonçalves.

“Doutor, estou com labirintite”

Embora o leigo costume pensar que a vertigem significa labirintite, os médicos afirmam ser um sintoma cuja causa ainda precisa ser esclarecida. Isso porque as disfunções do labirinto são diversas, indo desde uma pressão elevada no seu interior, chamada doença de Meniére, a uma simples alteração funcional, comum em idosos.

Em algumas labirintites, a vertigem vem associada à perda auditiva e/ou zumbido, de início súbito ou gradual, dependendo da causa. “A perda auditiva de início súbito requer avaliação médica imediata que tem o objetivo de preservar a audição do indivíduo”, alerta Denise. Ainda segundo a professora, nos casos em que o atendimento médico é tardio, o dano auditivo pode ser definitivo.

    Contador de visitas: 458 visualizações

    Veja também: