UFMG implanta medidas de segurança nos campi


Publicado em: Notícias - 27 de abril de 2011

A UFMG decidiu adotar medidas para aumentar a segurança nos campi, em reunião que teve a participação de dirigentes da instituição na última semana. Diante do aumento do número e da gravidade dos incidentes registrados no campus UFMG Pampulha, foi divulgada nessa terça-feira, 26 de abril, a portaria número 034/2011 que determina a “necessidade imediata de se implementarem ações com o objetivo de prevenir, evitar e inibir a ocorrência de situações que coloquem em risco a honra, a vida e a integridade física da comunidade universitária”.

A portaria prevê medidas que começam a vigorar a partir desta quinta-feira, dia 28 de abril. A entrada de pessoas no campus Pampulha da UFMG após as 21 horas será controlada. A partir deste horário, o acesso será permitido somente pelas entradas das avenidas Antônio Carlos e Carlos Luz. Segundo a Reitoria, cerca de 90% dos estudantes da universidade entram no campus até as 20 horas, em sua maioria pela avenida Antônio Carlos. A medida suspende ainda a portaria anterior que regulamentava a realização de festas em todos os campi e demais dependências da UFMG, “até nova deliberação sobre a matéria”.

De acordo com pesquisa feita pela Reitoria entre março de 2010 e abril de 2011, o número de festas no campus Pampulha não teve aumento significativo, mas o de incidentes subiu muito, principalmente neste mês de abril. Só na primeira quinzena, foram registradas 5 ocorrências, frente às 3 notificadas durante todo o mês de abril de 2010.

As ocorrências também ficaram mais graves, com o aumento de casos de agressões físicas e uso de armas de fogo. Tanto que o índice que mede a gravidade das notificações pulou de 10, em abril de 2010, para 37 em abril deste ano.

Uma delas aconteceu dia 1º de abril, quando dois casais homossexuais foram agredidos numa calourada do DA de Letras. A UFMG instalou uma comissão de sindicância que está apurando o caso.  (Veja mais informações sobre este assunto)

Em parceria com o Grupo de Universitário de Defesa da Diversidade Sexual (Gudds), o diretor para Assuntos Estudantis da UFMG gravou um vídeo com orientações para os estudantes em caso de agressão. (Assista ao vídeo)

A Reitoria informou que a Ouvidoria da UFMG tem recebido vários e-mails de alunos pedindo que sejam tomadas medidas para aumentar a segurança no campus.

* com Assessoria de Imprensa Cedecom/UFMG

    Contador de visitas: 326 visualizações

    Veja também: