Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

UFMG divulga programação do 47º Festival de Inverno


Publicado em: AgendaExternas - 29 de junho de 2015

A UFMG realiza de 17 a 25 de julho, em Belo Horizonte, a 47ª edição do Festival de Inverno. A programação está disponível no site e as inscrições serão abertas na próxima segunda-feira, dia 29 de junho.

Nesta edição, que traz o tema ‘Apropriação e transformação dos espaços da cidade e da universidade’, a ideia é fortalecer as interações da Universidade com a capital. “Queremos construir espaços para as trocas e compartilhamentos e que essas oportunidades perdurem, favorecendo as discussões sobre o trânsito de saberes acadêmicos e o caráter público dos campi das universidades”, afirma a vice-reitora, Sandra Goulart Almeida.

A programação desta edição terá todas as atividades gratuitas e com algumas novidades, como os próprios locais de realização das mesmas – além do campus Pampulha e outros ambientes da UFMG, como o Centro Cultural e o Conservatório, elas ocorrerão em espaços emblemáticos da cidade, como as praças da Liberdade e Duque de Caxias e o Parque Municipal.

Serão realizadas aulas abertas durante toda a semana com  nomes da cultura e da educação brasileiras (sejam da academia, como a professora da Escola de Belas-Artes Mariana Lima Muniz, sejam de fora dela, como o músico Maurício Tizumba).

Outra novidade desta edição são os Fóruns de diálogo, encontros em que debatedores da academia e de fora dela vão discutir temas pertinentes ao próprio trânsito de saberes entre a Universidade e as cidades. Serão cinco fóruns, todos no Conservatório UFMG.

A programação inclui ainda oficinas que abordam desde o cinema (Um cinema da diversidade estética e narrativa, com Joel Zito Araújo) até manifestações da cultura afro-brasileira (Cantando e reinando com as tradições dos Arturos, com Jorge Antonio dos Santos) e projetos especiais sobre a relação entre arte e cidade. Um dos destaques dessa vertente será a palestra-show do músico e ensaísta José Miguel Wisnik.

“O conhecimento em arte produzido na Universidade precisa dialogar com aquele gerado fora. Daí a importância dessa programação. Existe uma fissura entre o que se faz no âmbito acadêmico e fora da Universidade em termos de arte, e o Festival de Inverno, por sua própria natureza e história, tem a potencialidade de colaborar para o fomento desse vínculo”, afirma a professora Mônica Medeiros Ribeiro, da Escola de Belas-Artes e coordenadora do Festival.

Também da EBA, outro coordenador do Festival, professor Ernani Maletta, ressalta o caráter utópico que motivou a escolha dessa diretriz conceitual: a plenitude da interseção cidade-universidade. “É claro que esse é um horizonte inalcançável, mas, como toda utopia, serve para direcionar nossas ações”, ­explica Malleta. Para ele, mais do que o caráter prático, importa o aspecto simbólico dessa contraocupação: “Queremos refletir sobre o espaço simbólico que a universidade ocupa na cidade, o espaço simbólico que a arte ocupa na nossa vida e o espaço simbólico que ocupamos na vida do outro”, teoriza.

Fóruns
Na segunda-feira, dia 20/7, o debate será realizado às 17h com o tema ‘Arte, sociedade e juventude’. Já na terça, dia 21, às 18h, tem vez o fórum ‘O espaço da Universidade na cidade’ e ‘O espaço da cidade na Universidade. Na quarta, às 18h, dia 22, o debate terá como mote ‘Os múltiplos espaços da luz’. Na quinta, dia 23, às 18h, o assunto será ‘O espaço das políticas públicas’.

O último fórum será realizado na sexta-feira, dia 24, com o tema ‘Formato de festivais’. No encontro, o diretor adjunto de Ação Cultural, Fernando Mencarelli, provocará o ator, diretor e professor de teatro Marcelo Bones e os professores da EBA Ernani Maletta e Fabrício Fernandino a discutir os possíveis caminhos que se abrem aos festivais. Fechando a programação do dia, às 20h, o gramado da Reitoria recebe show de Hermeto Pascoal e Grupo.

No sábado, dia 25, o gramado da Reitoria será palco, às 19h, de apresentação do Grupo Galpão. A trupe encerra a programação do evento com a encenação de Os gigantes da montanha, peça de Pirandello em que se discute o valor da arte e a sua capacidade de comunicação com o mundo moderno.

Apresentações artísticas
A programação, disponível no site do Festival  inclui apresentações artísticas como Aula-espetáculo do ator Antonio Nóbrega, show de Hermeto Paschoal, exposição de Yara Tupynambá e o espetáculo coreográfico da Mimulus Cia de Dança estão entre as atrações. Outro destaque será a realização de mais uma edição do Domingo no campus.

Redação: Cedecom/UFMG

    Contador de visitas: 532 visualizações

    Veja também: