Film İzle | karımı gördünüz mü izle
UFMG abre inscrições hoje para oficinas do 9º Festival de Verão – Faculdade de Medicina da UFMG

Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Internas

UFMG abre inscrições hoje para oficinas do 9º Festival de Verão


Publicado em: AgendaInternas - 28 de Janeiro de 2015

A partir desta quarta-feira, dia 28 de janeiro, o público em geral pode se inscrever nas oficinas da nona edição do Festival de Verão da UFMG, que ocorre de 9 a 13 de fevereiro, em Belo Horizonte.  As matrículas vão até o início de cada atividade, ou até esgotarem as vagas. Elas devem ser feitas no site www.cursoseeventos.ufmg.br/CAE ou no posto de atendimento da Fundep (Praça de Serviços do câmpus UFMG Pampulha).

As 13 oficinas oferecem 293 vagas. Nove estão divididas em três eixos temáticos (Ciências da vida e saúde, Ciências exatas, da terra e tecnologias e Humanidades, letras e artes)e as quatro demais estão classificadas como Projetos Especiais. O preço da inscrição é R$ 20. Serão emitidos certificados de participação.

O 9º Festival de Verão é promovido pela Diretoria de Ação Cultural (DAC) da UFMG no Campus Saúde, Centro Cultural UFMG, Conservatório UFMG e Espaço do Conhecimento UFMG.  A programação inclui ciclo de palestras sobre temas diversos e uma programação cultural gratuita, que conta com exposições, mostras fotográficas, espetáculos teatrais, shows musicais, performances e ensaios de dois blocos carnavalescos. O ensaio dos blocos Bateria APAEtucada e Corte Devassa será a partir das 18 horas no pátio do Centro Cultural UFMG.

O corpo é uma festa
Para Eduardo Galeano, ele não é uma máquina como preconiza a ciência, tampouco uma culpa como faz crer a religião. O corpo é uma festa, diz o escritor uruguaio em seu famoso aforismo e o mote desta edição do Festival.

A diretora de Ação Cultural da UFMG, Leda Maria Martins, problematiza as reflexões que inspiraram a escolha do tema. “Como se dá nossa vivência corporal? O que é ser corpo? O eu é o corpo? Como nossos corpos habitam o mundo? Buscaremos, nos dias do Festival, trazer à tona a experiência e o saber do corpo”, revela.

Para a coordenadora geral do evento, professora Denise Araújo Pedron, a ideia é refletir sobre o corpo não só pela perspectiva teórica, mas também prática. “A escolha da temática é reflexo de nossa vontade de deslocar, da racionalidade analítica, o lugar da produção e difusão do conhecimento. A ideia é fazer do próprio corpo um local de produção de conhecimento”.

Programação e mais informações no site do festival ou pelo telefone 3409 6398.

    Contador de visitas: 530 visualizações

    Veja também: