O IV Seminário da tutoria, realizado na última quarta-feira, 22, recebeu a professora da PUC Minas Regina de Paula Medeiros, doutora em Antropologia, para apresentar a palestra “Álcool e drogas: aspectos antropológicos e sociais”.

Convidada também da terceira edição do projeto, a autora de pesquisas sobre drogas e estudantes desenvolvidas no Centro Mineiro de Toxicomania buscou aprofundar o assunto debatido anteriormente, sobre o uso de álcool e drogas na transição adolescência/jovem adulto.

Regina buscou, na história, exemplos de uso de substâncias psicoativas em diversas populações para ilustrar a forma como cada cultura tem uma maneira específica de enfrentar problemas e expandir a capacidade do homem de desfrutar do prazer. “O ser humano não pode eliminar desconfortos, mas pode alterar o estado de consciência por meio da manipulação da química cerebral”, explicou.

A antropóloga frisou o fato de o uso de drogas ter aumentado e diversificado atualmente. De acordo com a pesquisadora, o consumo, principal característica da contemporaneidade, leva o indivíduo a uma busca pela felicidade a qualquer custo, tornando comuns os sentimentos de tolerância zero e frustração insuportável. Nesse contexto, insere-se o consumo de drogas e suas consequências para a sociedade: o clima de tensão constante, medo urbano, danos nas relações interpessoais e abandono de objetivos pelo indivíduo.

 

O professor do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina, Paulo Sérgio Carneiro Miranda; e a coordenadora do Diretório Acadêmico Alfredo Balena (DAAB), Brenda de Godói também discutiram o tema com os presentes.

Tutoria e Napem
A Tutoria é um módulo da disciplina Prática de Saúde B, no qual o professor tutor ajuda o aluno a lidar com dificuldades técnicas e emocionais, encaminhando-o, se necessário, para o Napem. O docente responsável também orienta os estudantes sobre disciplinas optativas, estágios, projetos de iniciação científica, entre outras atividades didáticas curriculares.

As atividades desenvolvidas ao longo do semestre têm o objetivo de contribuir com a formação do estudante. O seminário, anual, pretende trazer à luz informações, dados, posicionamentos e promover reflexões acerca desta realidade que permeia e impacta significativamente o desenvolvimento dos jovens na atualidade.

Coordenado pelo psicólogo Gilmar Fidelis, responsável pelo Programa de Tutoria da Faculdade de Medicina, e promovido pelo Núcleo de Apoio Psicopedagógico aos Estudantes da Faculdade de Medicina (Napem), o seminário busca promover reflexões sobre o impacto das drogas na vida social dos jovens.

Mais informações: Napem – 3409 9696

    Contador de visitas: 330 visualizações

    Veja também: