A Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo conferiu o prêmio de “Melhor cirurgia apresentada” no congresso da entidade, o Retina 2011, à técnica inovadora desenvolvida pelo oftalmologista Márcio Bittar Nehemy, professor titular da Faculdade de Medicina, que permite a separação do vítreo da retina (duas estruturas do olho), de forma suave e sem traumas.

Essa remoção do vítreo é indicada na maioria das cirurgias retinianas, incluindo os casos de Retinopatia Diabética. Para realizá-la Nehemy injetou perfluorcarbono – um líquido oleoso transparente, insípido e inodoro, que tem alta concentração de oxigênio -, por meio de micro-orifícios realizados na camada que envolve a gelatina vítrea – hialóide posterior – que fica no fundo do olho.

Segundo o professor, também chefe do setor de Retina e Vítreo do Hospital das Clínicas da UFMG, os 54 pacientes tratados com a nova técnica foram reabilitados e tiveram boa recuperação da acuidade visual. Ele destaca que embora exija muita perícia para ser executada, para evitar complicações tais como a ruptura da retina e a hemorragia, a cirurgia é possível de ser reproduzida por especialistas treinados, com custo operacional baixo se comparada a outras do mesmo tipo.

Ainda no Retina 2011 o professor também recebeu o prêmio de “Melhor técnica cirúrgica apresentada” para o tratamento de complicações de cirurgias vitreorretinianas prévias com os resultados de outro estudo para remoção de líquidos pesados do espaço sub-retiniano.

Na avaliação de Márcio Nehemy, a premiação demonstra que a Oftalmologia da UFMG e de Minas Gerais continuam tendo alto nível de desenvolvimento e reconhecimento, no cenário nacional e internacional. Os dois trabalhos, bem como outros para tratamento de descolamentos de retina mais complexos, serão apresentados no próximo congresso conjunto da Sociedade Européia de Oftalmologia e Academia Americana de Oftalmologia, que será realizado em Genebra, Suíça, entre 4 a 7 de junho de 2011.

Ouça: Retina – Programa de rádio Saúde com Ciência (MP3)

    Contador de visitas: 260 visualizações

    Veja também: