Só uma palmada. Permitido ou proibido?


Publicado em: Notícias - 30 de agosto de 2010

ObservaPed abre espaço online para discussão sobre o assunto

A punição física na criança é legítima para educá-la? Ou seria a famosa “palmada” uma forma de violência doméstica que não pode ser tolerada? O Observatório de Saúde da Criança e do Adolescente (ObservaPED) reabriu seu fórum online para debater o tema, tão polêmico e significativo no âmbito da saúde infanto-juvenil.

As discussões a respeito da forma correta de educar uma criança voltaram à tona com o recente envio para a Câmara dos Deputados de um projeto de lei que garante a ela o direito de ser criada sem qualquer tipo de agressão física ou tratamento humilhante. Caso o projeto seja aprovado, a punição para os pais que desobedecerem poderá variar de uma advertência formal até a perda da guarda dos filhos. Também poderão ser punidos os responsáveis e professores que utilizarem o castigo corporal em crianças. Estão previstas na lei, ainda, punições para agressões psicológicas, consideradas como tratamento cruel e degradante.

Para se educar uma criança, não é necessário bater. Existe uma série de outros instrumentos mais eficazes para isso, como o diálogo, que auxilia no desenvolvimento cognitivo, moral e ético da criança, mas é mais trabalhoso e exige mais recursos”, afirma Antônio Lombardi, psiquiatra infantil e professor do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG, que também participa do ObservaPED.

O professor acredita que a sociedade atual é mais estressada, competitiva, e funciona a um ritmo cada vez mais acelerado, o que cria uma predisposição para resolver os conflitos de maneira imediata e, por vezes, violenta. “A ‘palmada’ leva a uma espécie de aprisionamento pelo medo, fecha portas e não é um instrumento criativo de educação. Já a conversa, a explicação é libertadora”, explica Lombardi.

O fórum é um espaço de debate onde o público poderá dar a sua opinião, expor suas experiências e fazer perguntas sobre o projeto de lei e sua aplicabilidade, e também sobre a “palmada” e maneiras de educar os filhos. Ele também promoverá a interação dos visitantes com a equipe do ObservaPED.

Acesse o fórum e participe da discussão.

    Contador de visitas: 117 visualizações

    Veja também: