Notícias Externas

Setores propõem ações para racionalizar uso de água e energia


Publicado em: #mudehojeExternas - 6 de fevereiro de 2015

Em reuniões regulares com a Diretoria da Faculdade de Medicina da UFMG, setores da Unidade estão discutindo ações imediatas para racionalizar o uso de água e energia no campus Saúde, e planejando e avaliando outras medidas a médio e longo prazo.

A princípio, reuniram-se representantes dos setores Superintendência Administrativa, Infraestrutura Operacional, Assessoria de Relações Institucionais, Engenharia e Arquitetura e Assessoria de Comunicação Social. Juntos, pensaram quais ações cada setor pode promover individualmente e coletivamente para economizar água e energia, envolvendo a comunidade universitária, dado a atual crise hídrica em alguns estados do país.

Sérgio Corrêa, chefe da Infraestrutura Operacional, conta que está reunindo com a equipe de limpeza para novas orientações para tentar reduzir o uso de água e priorizar a limpeza mais seca. A equipe de segurança e portaria também está sendo orientada para, nas rondas regulares, ficarem atentos às luzes acesas desnecessariamente e ao mau uso da água. “Funcionários, alunos e professores também devem ajudar nessa etapa, evitando o desperdício e comunicando à Seção caso vazamentos ou irregularidades sejam encontrados”, convida. Além disso, a equipe de Arquitetura e Engenharia está inspecionando todos os banheiros para verificar vazamentos e, gradativamente, as descargas de modelo antigo serão substituídas por novas, mais econômicas.

Outra ação imediata proposta pelo superintendente administrativo da Faculdade, Maurílio Elias, é a redução do uso de elevadores na Unidade. “Durante o período da noite e nos finais de semana, quando a circulação de pessoas na Faculdade é menor, somente um elevador funcionará”, explica. Ele também pede a colaboração dos usuários para evitar o uso do elevador quando o percurso for entre um ou dois pavimentos, deixando para utilização de quem for percorrer mais andares.

Durante o dia, as luzes do saguão já ficam desligadas e, a dos corredores, alternadas. A iluminação externa das placas, jardins e bandeiras, também serão desligadas no período da noite, após o término das aulas.

O diretor da Faculdade, professor Tarcizo Nunes, estenderá as reuniões a todos os setores da faculdade para informar sobre as medidas que serão tomadas e ouvir sugestões.

Mude hoje
Ações individuais são válidas para economizar. Evitar o uso do ar condicionado, especialmente fora do horário de 11h às 15h. Durante o dia, abrir as janelas pode ajudar a manter o ambiente arejado, sem o uso de ares e ventiladores, e iluminado, com a luz natural.

Alexandre Nascimento, gerente de manutenção do Centro de Informática em Saúde, sugere que os computadores, por exemplo, devem ser desligados nos estabilizadores, e aparelhos como microondas devem ser retirados da tomada quando não estão sendo utilizados. O mesmo vale para impressoras que não são usadas continuamente. Durante a volta às aulas, a Faculdade vai reforçar as ações com lançamento de campanha de conscientização e participação da comunidade acadêmica.

    Contador de visitas: 1.105 visualizações

    Veja também: