Às 10 horas de amanhã, 4 de dezembro, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) fará a entrega da primeira edição do Prêmio Ênnio Leão aos municípios mais bem-sucedidos no desenvolvimento de políticas públicas voltadas para a redução da mortalidade infantil e materna no Estado. A entrega do Prêmio será feita na sede da Secretaria.

A premiação totaliza R$ 900 mil e será paga com recursos do Tesouro Estadual, através do programa Viva Vida, aos três municípios melhor classificados no ranking de cada um dos três grupos de municípios, de acordo com o número de habitantes. Os primeiros lugares de cada grupo receberão prêmio de R$300 mil.

São avaliados critérios como a cobertura vacinal, taxa de mortalidade infantil e razão de morte materna, percentual de gestantes com sete ou mais consultas de pré-natal e controle do monitoramento de doenças diarréicas agudas.

A banca avaliadora será composta por representantes das Superintendências de Atenção a Saúde e Epidemiologia da SES/MG, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e do Conselho Estadual de Saúde, a serem designados pelo secretário de Estado de Saúde, Marcus Pestana.

HOMENAGEM
imagem1.jpgO prêmio recebeu este nome em homenagem a um dos mais importantes pediatras do estado, o pesquisador Ênnio Leão.

Natural de Conselheiro Lafaiete, Ênnio Leão estudou Medicina na Universidade Federal de Minas Gerais, onde fez doutorado e de onde é Professor Emérito, e passou boa parte de sua carreira no Hospital das Clínicas da Universidade.

O professor foi um dos incentivadores da criação das subespecialidades pediátricas e é uma liderança científica de várias gerações. Centenas de pediatras já foram e continuam sendo seus alunos.

Especialista na área de nutrição, introduziu a prática da hidratação venosa em Minas Gerais, além de ser um dos maiores conhecedores do escorbuto e de raquitismo.

Fonte: Conass

Mais informações: (1) 3296 9657 – SES

    Contador de visitas: 344 visualizações

    Veja também: