Notícias Internas

Seminário sobre câncer de mama marca adesão do HC ao ‘Outubro Rosa’


Publicado em: AgendaInternas - 29 de setembro de 2017

Prevenção e diagnóstico precoce estão na pauta do evento, que será realizado no dia 6de outubro

A campanha Outubro Rosa, que começa neste domingo, 1º de outubro, foi criada para conscientizar a população a respeito da detecção precoce da doença e enfatizar a importância de a mulher conhecer as suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas. O Hospital das Clínicas aderiu à iniciativa e vai promover, na próxima sexta-feira, 6 de outubro, o 1º Seminário Câncer de Mama: um debate para o melhor cuidado. O evento será realizado no Salão Nobre da Faculdade de Medicina da UFMG, campus Pampulha, das 8h às 12h. Para participar, é necessário preencher formulário on-line.

Três mesas-redondas constam na programação. Na primeira, às 8h30, será debatido o controle do câncer de mama em Belo Horizonte e em Minas Gerais por representantes das secretarias municipal e estadual. Em seguida, especialistas vão abordar o câncer de mama em situações especiais, como em mulheres jovens e idosas, e em famílias de alto risco familiar e genético. No encerramento, a partir das 11h, será discutida a relação entre a equipe de saúde, a paciente e sua família, seguida de apresentação artística de um grupo de pacientes do Hospital das Clínicas.

O câncer de mama é o de maior incidência entre as mulheres em todo o mundo. No Brasil, depois do câncer de pele não melanoma, responde por cerca de 25% dos casos novos registrados anualmente, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca).

Segundo o médico Gabriel de Almeida Silva Junior, coordenador do Serviço de Mastologia do HC, ao propor uma discussão sobre o tema, o hospital ajuda a conscientizar as mulheres sobre a prevenção e o diagnóstico precoce da doença. De acordo com ele, não há como se prevenir completamente da ocorrência do câncer de mama. Por isso, é importante que as mulheres, independentemente da idade, conheçam o seu corpo. “Observar as mamas é o primeiro passo para a descoberta casual de pequenas alterações. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres”, afirma.

Tratamento no HC
O atendimento no Hospital das Clínicas da UFMG é feito de forma integrada ao Sistema Único de Saúde (SUS). As pacientes são encaminhadas pelos mastologistas da Rede SUS ou por médicos das Unidades Básicas de Saúde (UBS). Elas são atendidas em conjunto pelos médicos residentes e pelos preceptores. Os casos mais difíceis são examinados em reuniões clínicas, e as decisões, compartilhadas por todos os membros da equipe que é formada por mastologista, patologista, oncologista clínico, radioterapeuta, fisioterapeuta, psicóloga e enfermeira.

Redação: com Cedecom/UFMG e Assessoria de Comunicação do Hospital das Clínicas da UFMG

    Contador de visitas: 186 visualizações

    Veja também: