Acesso interno

Seminário discute saúde e condições de trabalho dos professores

Encontro é aberto ao público e com inscrições gratuitas


    27 de agosto de 2019 - , , ,


    Dia 23 de setembro, das 13h às 17h, acontece na Faculdade de Medicina da UFMG o Seminário Saúde e Condições de Trabalho dos Professores da Educação Básica no Brasil. No mesmo dia, também na sala 463, haverá o lançamento do número temático do suplemento do periódico Cadernos de Saúde Pública, e o Seminário vai discutir os resultados do inquérito epidemiológico, realizado com professores da educação básica de todo o Brasil.

    Durante o Seminário, serão apresentadas as questões metodológicas da pesquisa e os pontos identificados em relação à saúde e as condições de trabalho. Dentre os temas abordados no Cadernos de Saúde Pública e que serão debatidos pelos participantes estão a pressão laboral e a ausência de professores devido a distúrbios vocais.

    A professora do Departamento de Fonoaudiologia e mediadora do Seminário, Adriane Mesquita, comenta que a motivação do estudo foi a elevada prevalência de adoecimento e de ausência dos professores no trabalho por causa de problemas de saúde. “O grupo construiu esse projeto de pesquisa para poder entender mais essa problemática e a partir dos resultados subsidiar também as políticas públicas com o objetivo de investir na valorização do professor. A base de tudo isso é descobrir como é possível valorizar o professor para que ele tenha melhores condições de trabalho e, consequentemente, de saúde’’, explica.

    A conferência de abertura contará com a presença da editora do Cadernos de Saúde Pública, Claudia Coeli, e da professora do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da UFMG, Ada Assunção. O Seminário, que terá a presença de vários autores que contribuíram para o periódico, é aberto a todos que tenham interesse pela questão da saúde e trabalho dos professores.  

    As inscrições com vagas limitadas são gratuitas e podem ser feitas clicando aqui. Os participantes inscritos receberão certificação pelo CenexMed via Plataforma Arouca.

    Confira a programação completa aqui.