Saúde contra a dengue em 2009


Publicado em: Notícias - 22 de janeiro de 2009

A Faculdade de Medicina  da UFMG pede a colaboração, mais uma vez, para o combate à dengue no Campus Saúde. Em época de chuva, é essencial redobrar os cuidados para evitar a reprodução do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. Segundo dados da prefeitura de Belo Horizonte, somente no ano passado, foram registrados 12 607 casos de dengue na cidade.

Funcionários da Seção de Serviços Gerais da Unidade (SSG) já iniciaram algumas ações de prevenção. “Cobrimos alguns materiais na área de lazer, além de caixas no biotério. As equipes de limpeza também foram alertadas”, destaca Sérgio Côrrea, chefe da SSG.

Porém, segundo ele, para conseguir um ambiente livre das larvas e mosquitos da dengue, é necessário apoio de toda a comunidade que frequenta o campus Saúde. “Pedimos as pessoas que não atirem no chão ou em caçambas, copos ou qualquer outro objeto que possa armazenar água, e que não deixem garrafas com água nas salas”, completa.

Dados da Organização Mundial de Saúde indicam que a dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. A cada ano, entre 50 a 100 milhões de pessoas são infectadas, em mais de 100 países de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em conseqüência da doença.

Redação: Larissa Nunes – estudante de Jornalismo

    Contador de visitas: 283 visualizações

    Veja também: