Definição ocorreu na tarde desta terça, em reunião do Colégio Eleitoral da UFMG

Integrantes do Colégio Eleitoral reuniram-se na Sala de Sessões do prédio da Reitoria. Foto: Marcílio Lana / UFMG

Formado pelos integrantes do Conselho Universitário, do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) e do Conselho de Curadores, o Colégio Eleitoral reuniu-se na tarde desta terça-feira, dia 12, e definiu a lista tríplice que será encaminhada ao Ministério da Educação para escolha do novo Reitorado da UFMG. A lista para o cargo de reitor é encabeçada pela professora Sandra Goulart Almeida e foi completada pelas professoras Maria Márcia Magela Machado, diretora do IGC, e Graciela Ravetti de Gómez, diretora da Faculdade de Letras.

O Colégio Eleitoral também elaborou a lista tríplice para o cargo de vice-reitor. Ela é encabeçada pelo professor Alessandro Fernandes Moreira, diretor da Escola de Engenharia e companheiro de chapa de Sandra Goulart Almeida, e foi completada pelos professores Walmir Matos Caminhas, da Escola de Engenharia, e Maurício Campomori, diretor da Escola de Arquitetura.

A lista para o principal cargo de gestão da Universidade será encaminhada ao Ministério da Educação nos próximos dias. Cabe ao presidente da República escolher a dirigente que vai comandar a UFMG no período 2018-2022. Já a lista de vice-reitor é entregue pelo Colégio Eleitoral à reitora nomeada, que vai referendar o nome que a encabeça.

Consulta e trajetórias
Sandra e Alessandro compuseram a chapa 2 (UFMG Pública e Diversa), que obteve 65,67% dos votos ponderados no segundo turno da consulta realizado nos dias 21 e 22 de novembro. Eles concorreram com a chapa 1, formada por Renato de Lima Santos (reitor) e Carmela Polito Braga (vice).

Atual vice-reitora, Sandra Goulart Almeida é professora titular da Faculdade de Letras, pesquisadora 1C do CNPq e bolsista do Programa Pesquisador Mineiro da Fapemig (2007-2017). Formada em Letras pela UFMG, com mestrado e doutorado pela Universidade da Carolina do Norte e pós-doutorado pela Universidade Columbia (EUA), Sandra foi diretora de Relações Internacionais da UFMG e atuou na Capes.

Alessandro Fernandes Moreira é professor associado e diretor da Escola de Engenharia. Graduado em Engenharia Elétrica pela UFMG, com mestrado pela mesma instituição e doutorado pela Universidade de Wisconsin-Madison (EUA), ele coordena o Programa de Inovação para Educação em Engenharia (ENG200) e o convênio entre a UFMG e a Universidade da Califórnia em Berkeley, com a participação da Fiemg e do BH-Tec.

Com Centro de Comunicação da UFMG.

    Contador de visitas: 117 visualizações

    Veja também: