Quem tem medo do dente siso?


Publicado em: Divulgação Científica - 5 de abril de 2013

Segunda edição da série Saúde Bucal destaca ainda o bruxismo e o mau hálito, além de dar dicas para manter os dentes brancos e saudáveis

Ele é conhecido como o dente do juízo, já que o seu nascimento ocorre, geralmente, entre os 16 e 20 anos de idade, época em que se alcança a maioridade. Mas o nascimento incompleto ou quadros de dor intensa, por exemplo, fazem com que o dentista recomende a sua remoção. Sendo assim, qual seria a função do dente siso?

De acordo com o dentista Wagner Henriques, chefe do Serviço de Odontologia do Hospital das Clínicas da UFMG, o siso é o terceiro molar e tem a mesma função dos outros molares: triturar os alimentos. Ele também pode ser classificado como incluso, quando não nasce, estabelecendo-se debaixo da mucosa bucal ou dentro do osso, ou semi-incluso, quando há o nascimento parcial do dente.

Ilustração: Carina Cardoso

Especialmente no segundo caso, pode ocorrer uma dificuldade de higienização. “Isso acontece devido ao acúmulo de placa bacteriana, dando origem a cáries ou inflamações na gengiva”, explica o dentista. Apesar de surgirem com menos frequência, traumas na mucosa, absorção de dentes vizinhos, predisposição a fraturas da mandíbula e tumores benignos dos maxilares, também estão entre os problemas bucais relacionados ao siso, gerando, inclusive, atrasos nos tratamentos ortodônticos em alguns casos.

Por isso, a melhor solução pode ser mesmo sua retirada. Sobre a cirurgia, Wagner Henriques esclarece que, normalmente, ela é feita sob anestesia local, com duração aproximada de 40 minutos a uma hora e meia.

Alguns pacientes optam por realizar a extração em duas ou mais sessões para manter a mastigação de um lado da boca, mas o dentista pondera que, independentemente de retirar dois ou quatro sisos, o paciente terá que fazer uma dieta líquida e pastosa durante cerca de dez dias, que é o tempo de cicatrização dos tecidos moles. “As recomendações pós-operatórias são as de praxe pra qualquer procedimento cirúrgico odontológico: a medicação analgésica e anti-inflamatória para controle de dor e o uso de gelo para minimizar edema”, acrescenta.

Não bochechar e evitar esforços físicos nesse período são outras indicações importantes para uma boa recuperação. E, finalmente, sobre o surgimento de um possível buraco na região do dente extraído, não há motivo para alarde: com a cicatrização, ele tende a fechar.

Tema da semana

Na série Saúde Bucal II, especialistas discutem problemas dentários e dão dicas de higiene bucal. Confira a programação:

Bruxismo – segunda-feira (08/04/2013)

Sisos – terça-feira (09/04/2013)

Mau hálito – quarta-feira (10/04/2013)

Dentes brancos – quinta-feira (11/04/2013)

Dentes saudáveis – sexta-feira (12/04/2013)

Sobre o programa de rádio

O Saúde com Ciência é produzido pela Assessoria de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG e tem a proposta de informar e tirar dúvidas da população sobre temas da saúde. O programa é veiculado em vinte e nove emissoras de rádio em Minas Gerais. Também é possível conferir as edições pelo site do Saúde com Ciência.

    Contador de visitas: 220 visualizações

    Veja também: