Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


prova_revalidacao_260714_072Nos dias 11 e 12 de outubro, a UFMG recebe candidatos à revalidação do diploma médico estrangeiro, no campus Pampulha da Universidade, em Belo Horizonte.

No dia 11, domingo, a prova terá início às 14h e terá quatro horas de duração. Na segunda, dia 12, o início das provas também será às 14h, mas serão cinco horas de duração. Irão realizar a prova de revalidação 1.188 candidatos. Todos os estados brasileiros, incluindo o Distrito Federal, têm participantes realizando a prova. A maioria reside em São Paulo (23,9%), seguido pelo Acre (7,32%), Mato Grosso (7,23%), Mato Grosso do Sul (6,31%), Paraná (6,06%) e Minas Gerais (5,97%).

Os países de origem dos diplomas com o maior número de inscritos foram Bolívia (54%), Cuba (20%), Paraguai (8%), Argentina (4%) e Venezuela (2%). Há diplomas da Espanha, Colômbia, Alemanha, Reino Unido, entre outros.

Irão participar da avaliação pessoas de 32 nacionalidades, sendo que 69% são brasileiros, 16% bolivianos e 3% peruanos. Há candidatos, por exemplo, do Egito, Haiti, Síria, Rússia, Nicarágua, Angola e Honduras.

Esta etapa é composta de provas teóricas de conhecimentos gerais, nas áreas de clínica médica, pediatria, cirurgia, tocoginecologia e medicina de família e comunidade/saúde pública. Ao todo, serão 140 questões de múltipla escolha e cinco questões discursivas. A mesma prova também será aplicada para 60 estudantes do 12º período do curso de medicina da UFMG, o chamado Grupo Controle.

Segundo o presidente da Comissão Permanente de Diploma Médico Obtido no Estrangeiro, professor André Cabral, “há décadas a UFMG tem um processo legítimo e respeitado de revalidação, sempre buscando aprimorar os processos de inscrição e seleção, exigindo que o candidato esteja realmente apto a exercer a profissão”. Ele conta ainda que há todo um cuidado em propor questões que sejam bastante relevantes na prática médica, e que todas elas sejam tecnicamente referenciadas de modo que a prova atenda aos critérios de fidedignidade, validade e relevância social.

No ano de 2014, foram 859 inscritos para a revalidação de diploma de médico, sendo que 121 foram aprovados, o equivalente a 14% do total. Já em 2013, foram 1036 inscritos e 80 revalidados, 7,7% do total.

Leia também: Confira a lista de convocados para a Prova de Revalidação de Diploma Médico

Revalidação de diploma: orientações aos candidatos

 

 

    Contador de visitas: 577 visualizações

    Veja também: