Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Pós em Saúde da Mulher traça novas metas


Publicado em: Notícias - 28 de novembro de 2008

O Programa de Pós-Graduação em Saúde da Mulher da Faculdade de Medicina da UFMG realizou no dia 22, sábado, um seminário com o objetivo de avaliar o desempenho do curso e propor novas metas, que possam aperfeiçoar o programa e, conseqüentemente, elevar a nota da avaliação feita pela Capes, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, atualmente classificado com a nota 4, equivalente ao conceito “bom”.

Durante o evento, professores e estudantes do curso, mestrado e doutorado, debateram, com a participação dos professores Joel Lamounier, do Departamento de Pediatria, e José Renan da Cunha Melo, do Departamento de Cirurgia, aspectos e necessidades a serem adotadas.

Esclarecendo que a classificação vai de 0 a 7, padrão internacional, segundo a sub-coordenadora do Programa Alamanda Kfouri, professora do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia, “Num primeiro momento, para atingir a meta de alcançar a nota 5, “muito bom”, é preciso aumentar o número de publicações e promover outras ações”, resume

Ela cita como algumas dessas ações, incentivar a tradução das teses para o inglês, condição para publicação de trabalhos em revistas científicas. No que diz respeito ao corpo discente, o objetivo é acompanhar mais de perto a realização dos trabalhos, cumprir mais rigorosamente os prazos e promover a inserção do aluno da Pós no curso de graduação, dentre outras medidas.

“Em geral, o aluno da Pós deseja seguir carreira acadêmica. Nossa intenção é que participe das aulas práticas da graduação, sempre com o acompanhamento de um professor”, esclarece a sub-coordenadora.

Redação: Larissa Nunes – Estudante de Jornalismo

    Contador de visitas: 343 visualizações

    Veja também: