Film İzle | karımı gördünüz mü izle
Pesquisadora da Medicina vence Grande Prêmio de Teses – Faculdade de Medicina da UFMG

Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Pesquisadora da Medicina vence Grande Prêmio de Teses


Publicado em: ExternasPessoas - 20 de outubro de 2017

Pesquisadores da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich) e Escola de Engenharia também ganharam prêmio.

 

Daniela Viola, Vitor Nazário e Lourena Costa com as medalhas do Grande Prêmio de Teses. Foto: Foca Lisboa / UFMG

Os pesquisadores Lourena Emanuele Costa, Vítor Nazário Coelho e Daniela Teixeira Dutra Viola são os vencedores do Grande Prêmio de Teses UFMG 2017, que reconheceu os melhores trabalhos de doutorado defendidos no ano passado. O anúncio foi feito na noite de ontem, 19 de outubro, em cerimônia realizada no auditório da Reitoria da UFMG.

Autora da teseBiotecnologia de phage display aplicada para o desenvolvimento de uma vacina contra as leishmanioses e nova plataforma de diagnóstico sorológico”, Lourena Costa venceu na área de Ciências Agrárias, Ciências Biológicas e Ciências da Saúde. Seu trabalho foi desenvolvido no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Infectologia e Medicina Tropical, da Faculdade de Medicina da UFMG, sob a orientação do professor Eduardo Antonio Ferraz Coelho e coorientada pelos professores Luiz Ricardo Goulart, Carlos Alberto Pereira Tavares e Miguel Angel Chávez Fumagalli.

Lourena entre os professores Eduardo Coelho e Luiz Ricardo Goulart. Foto: Arquivo pessoal.

Com base na tecnologia de phage display, Lourena revela, na introdução de sua tese, que desenvolveu antígenos que futuramente poderão ser usados em uma vacina estável, de baixo custo e eficaz na prevenção das leishmanioses visceral e tegumentar. Segundo a autora, o trabalho, em dois anos, gerou três depósitos de patentes e publicação de artigos nos periódicos PLoS One, Parasitology, Journal Immunol Methods e Diagnostic Microbiology Infection Disease.

Enfermeira formada pela UFMG, Lourena é mestre pelo mesmo programa em que obteve o título de doutora. Seus estudos que resultaram na tese vencedora do Grande Prêmio também foram premiados no Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical e na nona edição da European Congress on Tropical Medicine and International Health. Atualmente, como residente de pós-doutoramento, participa de projetos de pesquisa nas linhas de prevenção, sob a forma de vacinas, diagnóstico laboratorial e novas formas de tratamento para as leishmanioses.

Produção científica na UFMG
Os trabalhos foram escolhidos por comissão  instituída pela Câmara de Pós-graduação entre as 48 teses indicadas por seus respectivos programas agrupadas em três grandes áreas do conhecimento. Seus autores receberam o Prêmio de Teses UFMG 2017.

A solenidade, que integra a 26ª edição da Semana do Conhecimento, foi presidida pelo reitor Jaime Ramírez, que destacou a posição de liderança que a UFMG ocupa no cenário da produção científica nacional. “Os indicadores de nossa maioridade e maturidade são insuspeitos”, disse o reitor. A pró-reitora de Pós-graduação, Denise Trombert, fez uma breve análise comparativa da posição da UFMG com base nos resultados da mais recente avaliação da Capes. “Quarenta e sete por cento dos nossos programas de doutorado [33 de um universo de 69] são de excelência internacional [notas 6 e 7]. A média nacional é de 21%”, informou.

Leia a matéria completa na página da UFMG.

Redação: com Cedecom/UFMG

    Contador de visitas: 1.459 visualizações

    Veja também: