Notícias Internas

Pedro Morais abre Quarta Doze e Trinta na Pampulha


Publicado em: AgendaInternas - 14 de março de 2017

Em sua primeira edição do ano, o projeto Quarta Doze e Trinta promove nesta quarta-feira, 15 de março, apresentação do compositor mineiro Pedro Morais, que combina canções pop com sofisticados arranjos típicos da corrente mineira de composição, na qual se despontam nomes como Milton Nascimento e João Bosco. O espetáculo tem início ao meio-dia e meia, na Praça de Serviços do campus Pampulha. A entrada é gratuita.

O novo disco autoral de Pedro Morais, Sob o sol, produzido por Chico Neves, responsável por discos de Los Hermanos, O Rappa, Paralamas do Sucesso, entre outros, é a base do show desta quarta, na UFMG.

Pedro Morais toca violão e bandolim, e seu primeiro álbum, que leva o nome do compositor, produzido pelo baiano Luiz Brasil e pelo mineiro Flávio Henrique, tem 11 faixas autorais e uma interpretação à capela de Mestre-sala dos mares, de João Bosco e Aldir Blanc.

Depois do lançamento do álbum, em 2005, Pedro passou a dividir o palco com artistas reconhecidos no cenário da música mineira, nacional e internacional, como os jazzistas americanos Wayne Shorter e Ron Carter, Milton Nascimento, Vander Lee, Paulinho Moska, Toninho Horta, Ná Ozzetti, entre outros.

A série Quarta Doze e Trinta, que promove espetáculos diversos na Praça de Serviços, é uma realização da Diretoria de Ação Cultural da UFMG (DAC) e integra o projeto Muitas Culturas nos Campi.
Redação: com Assessoria de Comunicação da DAC –  3409 4152 ou comunicaçao@dac.ufmg.br

    Contador de visitas: 289 visualizações

    Veja também: