Notícias Internas

Opinião: Conceito de ciclicidade e paraciclos no campus Saúde


Publicado em: InternasOpinião - 18 de setembro de 2015

Professor do Departamento de Pediatria da Faculdade, Cássio Ibiapina explica o conceito “ciclicidade” e comenta os benefícios e a atualidade da bicicleta.

Ciclicidade é definido como desejo por saúde, mobilidade, liberdade, convívio com a cidade que as pessoas têm e nem mesmo sabiam. A bicicleta traduz todos esses sentimentos. Ela já é fenômeno mundial em cidades com topografias variadas, desde as mais planas às de relevo montanhoso, e a construção e ampliação de ciclovias é um caminho sem volta.

Em São Paulo, após resistência inicial, mais de 80% da população atual é favorável, inclusive gente que se sente prejudicada pelo estreitamento de algumas vias. Criticar e reclamar desse novo modal se tornou antiquado e retrógrado.

A topografia de Belo Horizonte não é um empecilho, uma vez que hoje é possível adquirir uma bicicleta elétrica por preços acessíveis e semelhantes a poucas mensalidades de um estacionamento em região central da cidade. A resistência em BH atinge níveis elevados em todos os setores da sociedade, mas a alegria dos ciclistas no dia a dia é contagiante. Muitas pessoas vêm estudando os caminhos das ciclovias já existentes e mudando a rota habitual, além de tentarem adaptações para a utilização da bicicleta.

Dentro dessa perspectiva, vale ressaltar ainda a melhoria na gentileza urbana da cidade e mesmo a admiração dos motoristas em relação aos ciclistas. A utilização das bicicletas de cor laranja do Sistema Pedala BH é um sucesso e a alta rotatividade comprovada pelo sistema de controle indica que muita gente já recorre às ciclovias.

A inauguração do bicicletário no campus Saúde, com cerca de 60 vagas, e o uso praticamente completo das vagas todos os dias, com “magrelas” elétricas ou não, atesta como essa febre vem contagiando alunos, professores e funcionários do campus.

Muito ainda precisa ser feito, com a ampliação e interligação das ciclovias, mas Belo Horizonte está no caminho certo no quesito otimização do uso de bicicletas. Deixe-se contagiar por essa febre sem pré-conceitos ou preconceitos e supere o paradigma de que bicicleta não é para BH. Pedala campus Saúde! Pedala BH e sejam felizes!

Esta página é reservada a manifestações da comunidade universitária. Para ser publicado, o texto, com até 5000 caracteres, deverá versar sobre assunto de interesse da comunidade da Faculdade de Medicina, com enfoque amplo. Também deverá conter o nome completo do autor, seu vínculo com a universidade, telefones e correio eletrônico. O texto original poderá ser editado de acordo com as normas jornalísticas adotadas pela ACS Medicina. Sua publicação, porém, não exprime necessariamente a opinião da Faculdade de Medicina.

    Contador de visitas: 396 visualizações

    Veja também: