Notícias Externas

Óculos diminuem riscos de acidentes nos olhos


Publicado em: ExternasRádio - 8 de julho de 2016

Nova série do Saúde com Ciência destaca cuidados para proteção dos olhos e dieta benéfica à saúde do órgão, dentre outros assuntos

ImpressãoOs olhos são chamados de “janela da alma” e refletem pensamentos, sentimentos e até condições de saúde do nosso corpo, mas a menor das lesões oculares pode levar a quadros graves, inclusive à cegueira. Não há estatísticas oficiais, mas o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) estima que ocorrem, anualmente, cerca de 150 mil acidentes oculares relacionados ao trabalho no Brasil. Números que podem ser reduzidos com atitudes preventivas.

“É importante a prevenção de acidentes oculares, porque o olho é extremamente frágil e dificilmente o olho traumatizado volta à normalidade”, ressalta o oftalmologista e professor do Departamento de Oftalmologia e Otorrinolaringologia da Faculdade de Medicina da UFMG, André Aguiar. Segundo ele, uma das atitudes principais passa pelo uso dos óculos de proteção no exercício de atividades relacionadas, por exemplo, aos setores de manufatura, construção e mineração.

Mas os riscos de lesão nos olhos não se restringem aos acidentes de trabalho. Aguiar lembra que são comuns casos de crianças com o olho perfurado, devido a acidentes domésticos que envolvem facas e tesouras. Por isso, além de aconselhar que os pais tenham atenção redobrada a esse tipo de objeto, o especialista pede uma campanha nacional para conscientizar a população sobre a necessidade de proteger os olhos.

Coçá-los com frequência também pode trazer prejuízos. “Pode causar ceratocone, alteração da córnea em que ela perde o aspecto de uma calota esférica, se transformando em uma calota cônica. Essa alteração prejudica a refração, o que compromete a visão do indivíduo”, explica André Aguiar. Além disso, ele alerta para o uso de óculos escuros falsificados: “Os óculos escuros causam a dilatação da pupila. Sem o bloqueio necessário, os raios ultravioletas do sol entrarão mais nos olhos, aumentando a incidência da degeneração da mácula e do risco de catarata”.

Exemplo de situação em que o uso dos óculos de proteção é fundamental. Foto: aralmoreiranews.com.br

Exemplo de situação em que o uso dos óculos de proteção é fundamental. Foto: aralmoreiranews.com.br

Alimentação

Sim, é verdade que o consumo regular de cenoura é benéfico aos olhos. Segundo Aguiar, a cenoura e outros alimentos, a longo prazo, oferecem proteção. “Frutas, vegetais verdes e amarelos, a gema do ovo, colaboram na proteção da mácula do olho”, afirma. Nesse contexto, é possível citar a couve, brócolis, espinafre, mamão e maçã, além de peixes como bacalhau, sardinha e salmão.

O professor pondera, no entanto, que esse cardápio deve ser adotado durante a vida, não somente quando surge algum problema ocular. “Não adianta a pessoa ficar a vida toda sem consumir esses alimentos e, depois que a doença começar, tomar vitaminas ou iniciar a dieta”, conclui.

Sobre o programa de rádio

O Saúde com Ciência é produzido pela Assessoria de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG e tem a proposta de informar e tirar dúvidas da população sobre temas da saúde. Ouça na Rádio UFMG Educativa (104,5 FM) de segunda a sexta-feira, às 5h, 8h e 18h.

O programa também é veiculado em outras 177 emissoras de rádio, distribuídas por todas as macrorregiões de Minas Gerais e nos seguintes estados: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins e Massachusetts, nos Estados Unidos.

    Contador de visitas: 674 visualizações

    Veja também: