Notícias Internas

Núcleo promove capacitação de professores na quinta-feira*


Publicado em: AgendaInternas - 5 de junho de 2017

Com o tema “Sala de aula invertida”, o Núcleo de Educação da Faculdade de Medicina da UFMG promove, no dia 8 de junho, quinta-feira, a terceira oficina de capacitação docente para professores em estágio probatório, coordenadores de período, professores substitutos e demais interessados.

Segundo a coordenadora do Núcleo de Educação, professora Eliane Gontijo, o programa busca apoiar os professores que estão chegando à instituição. Ela explica que a sala de aula invertida, também conhecida como flipped classroom, propõe inverter a lógica do ensino tradicional. “A ideia é que após o aluno ter contato com o conteúdo por meio virtual, videoaulas, slides, ebooks, ele utilize a sala de aula presencial para fazer exercícios, provas, trabalhos em grupos, ou seja, construir o conhecimento, pela mediação do professor”, exemplifica. De acordo com a professora a aprendizagem é, e deve ser, resultante de um processo interativo. “A sala de aula invertida proporciona essa interatividade, colocando o aluno como protagonista de seu aprendizado”, afirma.

A reunião de junho será na sala 252, na sala professor Hugo Pereira Godinho, no bloco J3 do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG (ICB). Os interessados podem participar no turno da manhã, das 8h às 12h, ou à tarde, das 13h30 às 17h30.

A oficina faz parte das atividades do Programa de Desenvolvimento Docente que realiza, a cada mês, oficinas na Faculdade de Medicina e no ICB. Ao final de cada oficina, o professor participante recebe certificado, importante para a progressão na carreira.

As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas até 6 de junho, pelo e-mail secretaria@medicina.ufmg.br.

Desenvolvimento Docente
O Programa de Desenvolvimento Docente está sendo implementado pelo Núcleo de Educação a partir deste ano, com a realização de oficinas de capacitação de docentes periódicas que têm o objetivo de oferecer oportunidade de potencializar as competências dos professores para uma prática docente crítica e participativa.

Dentre os objetivos, estão consolidar a identidade didático-pedagógica da instituição, tornando as diretrizes educacionais da Universidade cada vez mais presentes no cotidiano da docência; qualificar as competências dos professores no que se refere ao processo de ensino e aprendizagem – planejamento do ensino, metodologias inovadoras na área da saúde; utilização de estratégias e recursos pedagógicos, sistema de avaliação dos alunos e, incentivar processos críticos e reflexivos sobre a prática docente.

Confira o calendário das próximas oficinas previstas para 2017

 

Leia também: Faculdade implanta Programa de Desenvolvimento Docente

 

 

    Contador de visitas: 258 visualizações

    Veja também: