A 2ª Mostra do Pró-Saúde e PET-Saúde de Belo Horizonte, com o tema “Avanços e Desafios da Integração Ensino-Serviço, reuniu mais de 500 participantes no Salão Nobre da Faculdade de Medicina no último sábado, 17 de setembro.

A abertura da Mostra contou com a participação da representante da Secretaria de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (SGTES), ligada ao Ministério da Saúde, Maria Auxiliadora Córdova. Ela fez uma palestra sobre a atuação da Secretaria junto ao Pró-Saúde e ao PET-Saúde para atender às necessidades da população. Maria Auxiliadora apresentou também as metas do Ministério relação à Atenção Básica na formação, qualificação e valorização do profissional do SUS e no desenvolvimento dos programas de residências em Saúde para superar as desigualdades regionais.

Em seguida, o coordenador da Comissão Gestora Local do Pró-Saúde e PET-Saúde, professor João Henrique Amaral, falou da aproximação entre os cursos da área da saúde e do amadurecimento das relações entre a UFMG, PUC Minas, Feluma (mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais) e Prefeitura de Belo Horizonte. “Deixamos de refletir individualmente e passamos a pensar nossas ações juntos”, declarou.

A coordenadora do PET-Saúde, professora Cláudia Lindgren Alves, por sua vez, falou da articulação entre ensino, serviço e comunidade promovida no PET-Saúde e da função social do profissional da saúde. Ela explicou sobre a estruturação do trabalho interdisciplinar e da alocação de pelo menos uma equipe do programa em cada região de Belo Horizonte. “As linhas de pesquisa do PET-Saúde são distribuídas conforme orientação da Secretaria Municipal de Saúde, verificando a as prioridades de cada região”, explicou a professora. “Além dos efeitos para a comunidade, há também o impacto na formação profissional dos estudantes de graduação, através da inserção no SUS, da produção conjunta de trabalhos científicos e do contato com as práticas de gestão e com os cenários de prática”, acrescentou.

A solenidade contou ainda com a participação da vice-reitora da UFMG, Rocksane de Carvalho Norton; do membro do Conselho Municipal de Saúde, Wilton Rodrigues; do secretário adjunto municipal de saúde, Fabiano Pimenta Júnior; da coordenadora do Pró-Saúde II da PUC Minas, Kátia Passaglio; e do membro do conselho diretor da Feluma, Antônio Vieira Machado.

Além das palestras institucionais, foram expostos mais de 130 trabalhos científicos produzidos pelos estudantes, tutores e preceptores envolvidos no Pró-Saúde e PET-Saúde.

 

 

    Contador de visitas: 178 visualizações

    Veja também: