Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Em uma pesquisa realizada em Caeté (MG), parentes de mais de 80% das pessoas que apresentaram os primeiros sinais achavam que esquecimentos eram da idade. Ao todo, 52% dos que estão bem de saúde são casados.

O estudo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) acompanhou durante três anos pessoas com mais de 75 anos, para avaliar o envelhecimento do cérebro.

Matéria veiculada na Rede Globo, no programa Globo Repórter, no dia 8 de outubro de 2010.

Um dos entrevistados foi o professor Paulo Caramelli, do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da UFMG.

Clique e assista o vídeo da entrevista na Rede Globo.


    Contador de visitas: 161 visualizações

    Veja também: