Atualizada em 12/06/09 às 16h05

A Faculdade de Medicina da UFMG apresentou sua experiência na área da divulgação científica voltada para o cidadão comum durante a XI Reunião da Rede de Popularização da Ciência e Tecnologia da América Latina e do Caribe (RedPOP), realizada em Montevideo, no Uruguai.

Organizado pela Associação Civil Ciência Viva, Espaço Ciência do Laboratório de Tecnologia do Uruguai, Coordenação REMIPCYT/CYTED, SciDev.Net, Museu da Vida e Cientec, o objetivo do evento é debater e aprofundar conhecimento acerca das ações de popularização da ciência assim como medir seu impacto.

O programa de rádio educativo “Saúde com Ciência“, produzido pelas Unidades do campus Saúde da UFMG, foi apresentado aos cerca de 200 divulgadores da ciência presentes, vindos de oito países da América Latina, pelo jornalista Marcus Vinicius dos Santos, servidor da Assessoria de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG e responsável pelo projeto de extensão universitária.

Segundo o jornalista, o grande desafio diário é produzir programas realmente úteis, atraentes, utilizando palavras que permitam “visualizar” o tema proposto, e ainda ser objetivo, didático e de fácil compreensão, “mas sem menosprezar a inteligência do ouvinte. E isso, não é fácil. Fomos educados para falar de forma mais cuidada e por vezes isso dificulta a efetiva comunicação com o público”, reconhece Vinicius.

“Este congresso foi muito positivo na medida em que nos permitiu conhecer várias experiências, inclusive do Brasil, e perceber que estamos no caminho certo, mas ainda há muito o caminhar até alcançarmos uma “fórmula” eficaz de comunicação da ciência ao público leigo”, declara.

No último dia do evento, que aconteceu entre 24 e 29 de maio, a assembléia de membros da RedPop elegeu os novos dirigentes da entidade e definiu que a próxima reunião será em 2011, na cidade de Campinas, em São Paulo.

Da UFMG também foram apresentadas o projeto “Universidade das Crianças Intinerante”, pelas professoras Débora D’Ávila Reis e Adlane Vilas Boas, do Instituto de Ciências Biológicas, “Projeto Pílulas de Ciências , realizado pelo Núcleo de Apoio à Divulgação Científica do Centro de Comunicação da UFMG (Cedecom), pela professora Helena Amorim (foto) , além das ações promovidas pelo Centro de Difusão da Ciência, pela diretora do CDC/UFMG, professora Tânia Costa.

Saiba mais do Saúde com Ciência

Programa jornalístico de rádio diário, produzido na forma de cinco “pílulas”, que, de forma prática e por meio de vocabulário simples, aborda temas tais como, promoção da saúde, determinantes da saúde, prevenção de doenças, hábitos, direitos, deveres, normas de funcionamento do Sistema Público de Saúde, cidadania, conceitos e comportamentos saudáveis, permitindo a ativa participação do cidadão no processo de promoção de seu bem-estar.

Com essa visão, a partir do próximo semestre, uma parceria com o Internato Rural irá incentivar a inserção de alunos dos cursos de Medicina e Fonoaudiologia, Enfermagem e Nutrição na tarefa de produção dos roteiros.

O apoio financeiro vem da Casu, plano de saúde de auto-gestão da Universidade, e do CNPQ, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, com apoio institucional da Diretoria de Comunicação Social da UFMG, do Centro de Tecnologia Educacional e do Ambulatório de Fonoaudiologia da Faculdade de Medicina da UFMG.

Saiba mais

Ouça entrevistas (Sem edição, em espanhol, MP3)

.
Foto 1 – (4min) Eduardo Reyes – Presidente da Associação Chilena de Jornalismo Científico – Ouça
Foto 2 – Martha Cumbre – Responsável pelo Espaço Ciência – Ouça
Foto 3 – Alejandra Leon Castella – Presidente RedPop – Ouça
Julia Tagüeña – Universidade Autônoma do México – Ouça

Veja a apresentação (PDF, Em espanhol)

Dê sua opinião a este respeito jornalismo@medicina.ufmg.br

    Contador de visitas: 818 visualizações

    Veja também: