Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


O Projeto Manuelzão anuncia a Expedição pelo Velhas 2009. Entre 8 de maio e 6 de junho, canoístas vão descer da nascente à foz do Rio das Velhas, enquanto a bacia será palco de diversos encontros, de debates a apresentações artísticas.

O objetivo é compartilhar com as comunidades os avanços do projeto de revitalização do Rio das Velhas (Meta 2010), identificando problemas ainda por resolver, resgatando a história e a cultura da bacia e divulgando a necessidade de mudança de mentalidade, comprometida com a revitalização do rio e da vida na região.

O conjunto de encontros culturais, chamado FestiVelhas, incluirá apresentações de artistas e grupos da região, além de oficinas e debates. Serão cinco festivais de cultura, durante quatro finais de semana, aliando reflexão e diversão.

Os eventos vão acontecer em Ouro Preto, Santa Luzia, Curvelo, Várzea da Palma e Belo Horizonte. Será a terceira edição do FestiVelhas, mas a primeira em vários lugares. Em 2005, os encontros forma sediados em Morro da Garça . Dois anos depois, em Jequitibá.

Ao mesmo tempo em que canoístas descerão pela calha do Velhas, grupos de parceiros e interessados poderão fazer miniexpedições, em torno de um temas específicos. A ideia é que os membros das expedições participem dos FestiVelhas, onde os temas e experiências dos grupos serão compartilhados.

Conhecer o rio
Em 2003, a equipe do Projeto Manuelzão resolveu conhecer o Rio das Velhas de dentro do rio. E concebeua a Expedição Manuelzão Desce o Rio das Velhas, que fez o percurso de caiaque, desde a nascente, na cachoeira das Andorinhas, em Ouro Preto, até a sua foz, no São Francisco, na Barra do Guaicuí. A navegação teve dimensão científica e se tornou motivo de grande mobilização social, envolvendo a população ribeirinha.

O grande resultado foi a elaboração da proposta de revitalização do Rio das Velhas por meio da construção da Meta 2010 – navegar, pescar e nadar no Rio das Velhas na região metropolitana de Belo Horizonte. Em 2005, esse objetivo foi assumido como compromisso pelo Governo do Estado de Minas Gerais.

A partir de 2007, a Meta transformou-se em um programa estruturador do governo do estado. Nestes dois últimos anos, várias ações foram desenvolvidas e produziram avanços significativos rumo à Meta 2010, principalmente no que se refere ao tratamento de esgoto na Grande BH.

Para conhecer o cronograma das atividades da expedição, clique aqui. Outras informações pelos telefones (31) 3409 9817 e 3409 9810, ou pelo endereço festivelhas.manuelzao@gmail.com.

Redação: Cedecom/UFMG

    Contador de visitas: 170 visualizações

    Veja também: