Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Livro sobre juventude e a cidade será lançado nesta terça


Publicado em: AgendaExternas - 6 de dezembro de 2017

A obra será distribuída gratuitamente no dia do lançamento. O evento é aberto ao público e destinado à comunidade acadêmica, instituições de políticas públicas e aos jovens

O terceiro volume da coleção de livros “Promoção de Saúde e Prevenção da Violência”, da Faculdade de Medicina da UFMG, intitulado “Juventude e Cidade: a potência do um e do em comum”, será lançado no dia 19 de dezembro, às 18h30, no Centro de Referência da Juventude (Rua Guaicurus, 50, Centro de Belo Horizonte). A obra é composta por artigos de pesquisadores nacionais e internacionais, que apresentam questões da adolescência em interlocução com a cidade.

O livro é organizado pela professora do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG, Cristiane de Freitas Cunha, e pela professora do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da UFMG, Elza Machado de Melo. A produção ainda conta com a participação da professora da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG, Andréa Máris Campos Guerra, com a psicóloga, Bruna Simões de Albuquerque, e com a psicanalista Lisley Braun Toniolo.

A professora Cristiane explica que a obra traz uma reflexão aprofundada sobre o tema da juventude na cidade, discorrendo sobre questões como violência, preconceito, racismo, segregação, políticas públicas e promoção da vida. “O genocídio é uma epidemia, mas estamos silenciosos mesmo assim. O livro, nesse sentindo, expõe todos estes assuntos, buscando uma política ética de redução de danos, nas quais os jovens sejam os protagonistas. Queremos mostrar soluções reais para problemas concretos”, destaca.

Em continuidade, a professora ressalta a importância dos trabalhos expostos no livro para a Faculdade. “Entre os artigos que o compõem, estão produções do nosso mestrado profissional. Por isso a iniciativa coloca em relevo os trabalhos desenvolvidos na Faculdade”, aponta.

Memorial pela Vida das Juventudes

Durante o evento também será lançado o projeto “Memorial Pela Vida das Juventudes”, uma parceria entre o Observatório da Saúde da Criança e do Adolescente (Observaped) da Faculdade de Medicina, a Rede Juventude da UFMG e o Centro de Referência da Juventude.

A professora Cristiane Cunha explica que o projeto servirá com uma ação de enfrentamento do genocídio da juventude e como um memorial em homenagem as vidas perdidas. “É uma forma de fazer luto pela memória da morte desses jovens, mas também é uma busca por estratégias de sobrevivência para eles, sobretudo os negros, residentes de periferias e pertencentes da comunidade LGBT”, conclui.

Mais informações: pedfm@medicina.ufmg.br

 

    Contador de visitas: 476 visualizações

    Veja também: