Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Hospital das Clínicas é premiado por qualidade na atenção cardiológica


Publicado em: ExternasNotícias - 12 de dezembro de 2017

Instituição conquistou a Certificação Prata 2017 do “Programa de Boas Práticas Clínicas em Cardiologia”, da Sociedade Brasileira de Cardiologia

 

As boas práticas desenvolvidas pela área de cardiologia do Hospital das Clínicas da UFMG levaram a instituição a conquistar o Certificado Prata 2017 do “Programa de Boas Práticas Clínicas em Cardiologia”, projeto desenvolvido pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), American Heart Association, Proadi-SUS e Ministério da Saúde em mais de 12 hospitais brasileiros. Ele avalia a implementação das diretrizes da SBC nas áreas de insuficiência cardíaca, fibrilação atrial (ambulatorial e internação) e síndrome coronariana aguda, qualificando os atendimentos em cardiologia, otimizando os recursos e reduzindo o tempo de internação.

O HC-UFMG, o único participante de Minas Gerais, conquistou mais de 85% de conformidade nos indicadores de qualidade nos eixos de Insuficiência Cardíaca e Síndrome Coronariana Aguda, o que significa uma alta aderência aos requisitos de qualidade assistencial e processos da SBC nessas duas áreas. Por isso mesmo, ele foi premiado com o Certificado Prata 2017, concedido às instituições participantes que mantiveram um índice igual ou acima de 85% por seis meses ou mais. “Essa foi a primeira avaliação. Agora, o desafio é conquistar a categoria ouro, que será conferido às instituições que mantiverem os 85% ou mais por um ano”, revelou o investigador principal do estudo, o médico Luiz Guilherme Passaglia.

Segundo ele, essa certificação mostra o reconhecimento do trabalho desenvolvido no HC-UFMG em prol de uma boa medicina em cardiologia. “Essa certificação da SBC e da American Heart eleva ainda mais o nome do HC no cenário nacional da cardiologia”, afirmou.  Além disso, ela contribui diretamente com o processo de acreditação, que tem como foco a qualidade na assistência, já que os indicadores avaliados pelo programa estão, quase todos, no manual da Joint Commission International.

 

O programa
O “Programa de Boas Práticas Clínicas em Cardiologia”, implantado no HC-UFMG em maio de 2016, está em sua fase principal. A fundamentação do trabalho é a subutilização dos recursos efetivos no atendimento aos pacientes, estimado entre 30% e 40% dos pacientes.

O Hospital das Clínicas da UFMG foi convidado para participar do projeto por ser um hospital referência em cardiologia. “É um hospital-chave para a disseminação desse programa da Sociedade Brasileira de Cardiologia. O objetivo é padronizar a assistência, reduzir intervenções inadequadas e custos dentro daquilo que sabemos que são boas práticas, aumentando para 85% os indicadores de desempenho e qualidade das diretrizes da SBC”, afirma Luiz Guilherme.

Além do médico, integram a equipe os enfermeiros Gísia Teodoro Braga, Monique Rocha Nogueira, Carolina Teixeira Cunha e Luis Octávio Rodrigues Costa. O médico cardiologista do HC-UFMG, professor Antônio Luis Pinto Ribeiro, integra o comitê gestor do estudo nacional.

Redação: Assessoria de Comunicação do Hospital das Clínicas da UFMG

    Contador de visitas: 328 visualizações

    Veja também: