Notícias Externas

História da Medicina discute o planejamento familiar no Brasil


Publicado em: AgendaExternas - 2 de outubro de 2017

Aula aborda a atuação do médico como agente cultural para a evolução da Medicina no país

Na próxima sexta-feira, 6 de outubro, a disciplina “História da Medicina”, realizada pelo Centro de Memória da Faculdade de Medicina da UFMG (Cememor), discute, em aula aberta, “Estado e população: uma história do planejamento familiar no Brasil”. O palestrante convidado é o professor do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da UFMG (MPS), Délcio da Fonseca Sobrinho.

O planejamento familiar no Brasil, a atuação das forças políticas e sociais e o papel do médico como agente cultural são alguns dos assuntos que serão abordados na aula. Segundo o professor Délcio, a evolução da medicina recebe a marca de diversas “pequenas” histórias, e entre elas a do planejamento familiar. “Essa história poderia ser contada como um capítulo da ‘história das mentalidades’, na qual o médico, que nós acostumamos a ver apenas como um “técnico” que entende de partes do corpo humano, é também intensamente um agente cultural, um profissional que atua sobre a mente de seus pacientes”, explica.

O professor afirma que o surgimento dos programas oficiais de planejamento familiar é muito relevante para entender a história da medicina no Brasil. “O assunto é importante por demonstrar, através do estudo deste caso específico, que a atuação dos médicos não se faz isolada das forças políticas, religiosas, militares e morais de cada época. A Medicina existe inserida em seu tempo, influenciada e se deixando influenciar a cada momento. A história do Planejamento Familiar é um exemplo”, relata.

A aula será das 11h30 às 12h30, no auditório Dona Carminha, na sala 18, no térreo da Faculdade de Medicina da UFMG.

História da Medicina
O Cememor oferece a disciplina História da Medicina, em que são discutidos temas como nascimento da ciência moderna e o desenvolvimento do método científico, a ciência contemporânea e seus desafios, a pesquisa e a discussão sobre novas fontes de história, por professores convidados.

A disciplina é ofertada como optativa e de formação livre dentro do sistema da UFMG, mas a participação é aberta para qualquer pessoa, sem necessidade de inscrição prévia.

Confira as próximas datas e temas no site do Cememor.

Mais informações: Cememor – 3409 9106

    Contador de visitas: 335 visualizações

    Veja também: