Notícias Externas

História da Medicina aborda os primeiros médicos da capital mineira


Publicado em: AgendaExternas - 13 de março de 2018

Aula discute o papel dos primeiros médicos a chegarem a Belo Horizonte na implantação da Medicina na assistência médica, no ensino e na política

Na próxima sexta-feira, 16 de março, a disciplina “História da Medicina”, realizada pelo Centro de Memória da Faculdade de Medicina da UFMG (Cememor), promove a aula aberta “Primeiros Médicos da Capital”. O palestrante convidado é o professor do Departamento de Pediatria da Faculdade, Luciano Amedée Péret Filho.

A aula será das 11h30 às 12h30, na sala s146, no andar subsolo da Faculdade de Medicina da UFMG, em frente ao Laboratório de Anatomia.

O palestrante explica que os médicos Cícero Ribeiro Ferreira Rodrigues, Salvador José Pinto, Olinto Deodato Meirelles e Benjamin Moss foram os primeiros médicos a chegarem à Cidade de Minas, como Belo Horizonte era conhecida durante sua construção. “Além de desbravadores, foram responsáveis pela implantação da Medicina na nova capital mineira, com a fundação da Santa Casa de Misericórdia em 1899. E no ensino com a fundação da Faculdade de Medicina, Faculdade de Odontologia e Escola de Farmácia”, argumenta.

Segundo Luciano, a aula ainda discutirá outros nomes importantes, como o farmacêutico Aurélio Egydio dos Santos Pires e dos médicos Eduardo Borges da Costa, Hugo Furquim Werneck, Octávio Machado e Cornélio Vaz de Melo, que chegaram à capital no século XX. De acordo com o professor, muitos desses médicos exerceram importante atividade política. “O Cícero Ferreira, o Olinto Meirelles e o Cornélio Vaz de Melo chegaram até mesmo a serem prefeitos da nova capital mineira”, conta.

 

História da Medicina

O Cememor oferece a disciplina História da Medicina, em que são discutidos temas como nascimento da ciência moderna e o desenvolvimento do método científico, a ciência contemporânea e seus desafios, a pesquisa e a discussão sobre novas fontes de história, por professores convidados.

A disciplina é ofertada como optativa e de formação livre dentro do sistema da UFMG, mas a participação é aberta para qualquer pessoa, sem necessidade de inscrição prévia.

 

    Contador de visitas: 177 visualizações

    Veja também: