Notícias Externas

História da Medicina aborda a evolução da psiquiatria em Minas


Publicado em: AgendaExternas - 16 de outubro de 2017

Aula discute a transição dos hospitais psiquiátricos, anteriormente, locais de repressão, para a atual rede de serviços da saúde mental

Na próxima sexta-feira, 20 de outubro, a disciplina “História da Medicina”, realizada pelo Centro de Memória da Faculdade de Medicina da UFMG (Cememor), promove a aula aberta “História da Reforma Psiquiátrica de Minas”. O palestrante convidado é o psiquiatra e membro da Associação Mundial de Psicanálise, Francisco Paes Barreto.

O palestrarnte explica que a história da psiquiatria mineira é compreendida em dois capítulos, que vão permear o debate da aula: o primeiro, da atenção centrada nos grandes manicômios e asilos, locais de segregação e repressão, e o segundo momento, marcado pela reforma psiquiátrica.

Segundo Francisco Paes Barreto, entre esses dois capítulos existem momentos muito importante para entender a psiquiatria mineira. “Há um rico momento de transição, no qual o modelo hospital, como eram os grandes hospitais psiquiátricos são substituídos pela rede de serviços da saúde mental compostas por ambulatórios, serviços de urgência, unidades de internação, centros de convivência, entre outros”, explica.

Francisco aponta que a evolução da psiquiatria demonstra uma evolução não apenas na atenção como também na percepção do que está sendo tratado, e isso é muito significante para a Medicina. “Não é apenas a história da psiquiatria que  é Adardada, mas a história da própria medicina, uma vez que o modelo da saúde mental inspirou o modelo da atenção médica”, destaca o psiquiatra.

A aula será das 11h30 às 12h30, no auditório Dona Carminha, na sala 18, no térreo da Faculdade de Medicina da UFMG.

História da Medicina
O Cememor oferece a disciplina História da Medicina, em que são discutidos temas como nascimento da ciência moderna e o desenvolvimento do método científico, a ciência contemporânea e seus desafios, a pesquisa e a discussão sobre novas fontes de história, por professores convidados.

A disciplina é ofertada como optativa e de formação livre dentro do sistema da UFMG, mas a participação é aberta para qualquer pessoa, sem necessidade de inscrição prévia.

Confira as próximas datas e temas no site do Cememor.

    Contador de visitas: 563 visualizações

    Veja também: