Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Faculdade de Medicina recebe Web Simpósio para discutir a saúde da mulher


Publicado em: ExternasNotícias - 26 de outubro de 2016

A Faculdade de Medicina da UFMG recebe na tarde desta quarta-feira, 26 de outubro, o “Web Simpósio Outubro Rosa”, organizado em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais. O evento conta com transmissão ao vivo (clique aqui para assistir) e tem como objetivo discutir a saúde da mulher e apresentar novas diretrizes para o diagnóstico e o tratamento dos cânceres de mama e de colo de útero. Participam do encontro estudantes e profissionais da área da saúde.

IMG_2055

Foto: Larissa Rodrigues

Estiveram presentes na mesa de abertura do Web Simpósio, o diretor da Faculdade de Medicina, Tarcizo Nunes; a professora do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia e uma das coordenadoras do evento, Regina Aguiar; a subsecretária de Políticas e Ações de Saúde da Secretária de Estado de Saúde, Maria Turci; a representante da Defensoria Pública, Luciana Leão; o presidente do Conselho de Secretarias de Saúde de Minas Gerais, José Lima Rezende; o representante do Conselho Regional de Medicina, Marcio de Almeida Salles; e a representante do Conselho Regional de Enfermagem, Monique Pedrosa.

Para a professora Regina Aguiar, uma das coordenadoras do simpósio, o evento é uma oportunidade de aproximar a comunidade acadêmica dos profissionais e gestores de saúde. Além disso, ela enfatizou a necessidade de se colocar em prática o que foi discutido no simpósio. “Que o nosso conhecimento aqui hoje se concretize na nossa prática diária, nos nossos ambulatórios, nos nossos locais de atendimento”, comentou.

Representando a Secretaria de Estado de Saúde, Maria Aparecida Turci realçou a necessidade de analisar o atual contexto na qual o sistema de saúde brasileiro está inserido. “É importante que todos aqui estejam atentos ao momento que o Sistema Único de Saúde está atravessando. Essa não é uma discussão distante, ela nos impacta diretamente, por isso são discussões que temos que abordar no nosso cotidiano”, afirmou.

IMG_2049

Foto: Larissa Rodrigues

O diretor da Faculdade de Medicina da UFMG, Tarcizo Nunes, destacou a importância da Faculdade sediar um simpósio organizado em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, cumprindo a sua função enquanto uma instituição pública. “O evento tem uma importância extraordinária. Eu digo que todo câncer é passível de cura: basta o diagnóstico precoce e o tratamento de maneira correta. E pra isso a gente precisa disso aqui, informar as pessoas”, declarou.

IMG_2086

Joseane Carvalho durante palestra. Foto: Larissa Rodrigues

Promoção de Hábitos Saudáveis de Vida

Dando seguimento à programação do web simpósio, a representante da Diretoria de Promoção à Saúde da Superintendência de Atenção Primária à Saúde, da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), Joseane Mariluz Martins de Carvalho, falou sobre a situação da saúde da mulher no estado. Ela apresentou gráficos mostrando a porcentagem de homens e mulheres que se envolvem em atividades de risco como o abuso de álcool, tabaco, o consumo de fast food e o sexo sem camisinha. Entre os estudantes do 9° ano do ensino fundamental, por exemplo, 58,6% das meninas consumiram bebida alcóolica, nos últimos 30 dias antes da pesquisa. Entre os meninos, a porcentagem é de 55,7%.

Joseane também falou de políticas como o Programa de Saúde na Escola e a Política Estadual de Promoção à Saúde, além dos fatores que aumentam o risco de Câncer de Mama e Câncer de Colo do Útero, como a obesidade, o sobrepeso e o sedentarismo. Segundo Joseane, situações atuais eram inimagináveis há 20 anos. “Há uma grande modificação nos padrões de saúde e doença no estado de Minas gerais, onde as mulheres estão tomando a frente dos homens no envolvimento em atividades de risco”, explicou.

IMG_2093

Michelle de Souza Costa. Foto: Larissa Rodrigues.

Ações desenvolvidas        

As ações desenvolvidas para o controle do Câncer de Mama e de Colo do Útero foram apresentadas pela enfermeira e representante da Coordenação da Saúde da Mulher e Rede Cegonha, Michelle de Souza Costa. Ela falou sobre as várias políticas da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, como a Política de Descentralização do Sistema de Informação do Câncer, o Rastreamento do Câncer de Mama e a Unidade Móvel de Mamografia. “A Unidade Móvel de Mamografia já realizou mais de 800 visitas às cidades do interior do Estado, desde 2013, fornecendo acesso a equipamentos que não se encontram na região”, comentou.

Michelle falou também sobre o aumento da incidência e da mortalidade do Câncer de mama nos últimos anos, enquanto a incidência e mortalidade do Câncer do Colo do Útero diminuíram, em Minas Gerais. Ela terminou a apresentação falando da presença dos Centros Estaduais de Atenção Especializada, que tem se estendido por todo o estado.

    Contador de visitas: 473 visualizações

    Veja também: