H1N1_JORNALISMONo dia 16 de maio, segunda-feira, das 7h30 às 13h, a Faculdade de Medicina da UFMG, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, promove o “Web Simpósio H1N1: Síndromes Gripal e Respiratória Aguda Grave”. O objetivo é divulgar as diretrizes para assistência aos quadros de síndrome gripal, tentando contribuir para a redução do quadro de mortalidade no país. Confira a programação completa.

Membro da comissão organizadora do evento, a professora do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade, Regina Aguiar, explica a importância do evento no cenário atual. “O simpósio pode contribuir para que um surto de gripe não tenha um resultado de grande número de mortos ou de casos graves que poderiam ser evitados”, afirma. “O controle adequado de um surto, em especial esse que se antecipou ao período normal, pode evitar consequências na saúde da população”, ressalta.

O evento é aberto a toda população, que terá acesso às palestras de duas formas: presencialmente, no Salão Nobre da Faculdade de Medicina, ou através da transmissão ao vivo, pela internet. Em ambos os casos, é preciso se inscrever antecipadamente. A inscrição para participação presencial, que dará direito a certificado, pode ser feita pelo site www.medicina.ufmg.br/websimposio. O formulário para a participação online estará disponível, no site do Cetes, no dia do evento.

A professora Regina enfatiza que a palestra é importante tanto para o público em geral quanto para os estudantes e profissionais da saúde. “Para a população, dois pontos que serão abordados: a profilaxia ou medidas de prevenção e a identificação dos sinais de gravidade”, explica. “Para todos nós, profissionais de saúde, estar atento para essa situação de surto é importante para que exerçamos nosso papel de controle”, conclui.

A participação presencial será integralizada como crédito por participação em evento aos alunos dos cursos de Medicina da Faculdade.

O “Web Simpósio H1N1: Síndromes Gripal e Respiratória Aguda Grave” é uma realização do Centro de Tecnologia em Saúde, pelo Departamento de Ginecologia e Obstetrícia e pelo Colegiado de Graduação da Faculdade de Medicina.

    Contador de visitas: 1.360 visualizações

    Veja também: