Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Exposição digital lembra golpe militar


Publicado em: Notícias - 31 de março de 2014

O Centro de Memória da Faculdade de Medicina (Cememor) lembra, este mês, os 50 anos do golpe militar de 1964.

No Corredor da Memória, espaço com televisões na lateral do setor, estão sendo exibidas fotografias históricas recuperadas de um documento formalizado na ocasião, que mostra ações e protestos dos estudantes contra a ditadura na Faculdade.

IMG_0824

Foto: Bruna Carvalho

Parte de um inquérito realizado à época, o documento reúne registros de pichações, arrombamentos e patrimônio danificado durante invasão do prédio da Unidade pela polícia em 1968, quando o local encontrava-se ocupado pelos alunos.

Neste dia, foram detidos 154 estudantes pelo Departamento de Ordem Política e Social (Dops), as aulas foram suspensas e as dependências do Diretório Acadêmico foram interditadas por algumas semanas.

 

Leia aqui o texto Engajamento político e resistência à Ditadura Militar na Faculdade de Medicina, escrito pela equipe do Cememor.

 

Descomemoração no DAAB
Lideranças que participaram da resistência estudantil ao governo militar, ligadas ao Diretório Acadêmico Alfredo Balena (DAAB) e a outras organizações, irão compartilhar suas vivências no evento 50 anos do golpe militar: descomemoração, na próxima quinta-feira, 3 de abril, às 18h, na sede social do DAAB (campus Saúde, na parte superior do prédio do Bandejão). A participação é gratuita, aberta ao público em geral, sem necessidade de inscrição prévia.

    Contador de visitas: 310 visualizações

    Veja também: