Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Até domingo, 10, é possível confirmar a participação em evento que será realizado na próxima segunda-feira, 11, em sequência às discussões preparatórias da 4ª Semana de Saúde Mental e Inclusão Social.

Aberto ao público, o debate Saúde mental dos estudantes reunirá representantes de entidades e integrantes da comunidade universitária, no auditório da Reitoria, das 9h às 12h. Inscrições devem ser confirmadas pelo e-mail saudemental@ufmg.br.

“A ideia é chamar para a discussão todas as pessoas que lidam com esse tema”, comenta a professora Maria Stella Brandão Goulart, que preside a Comissão Institucional de Saúde Mental da UFMG (Cisme) e a comissão científica da 4ª Semana.

Ela explica que, assim como no primeiro encontro preparatório, em 14 de março, e no terceiro, previsto para 2 de maio, a intenção é levantar e discutir as principais questões relativas à área, já que é missão da Cisme construir agenda e delinear diretrizes para a política de saúde mental da UFMG, cuja formulação terá início no dia 20 de maio, na conclusão da 4ª Semana.

O evento preparatório é promovido em parceria entre a Cisme e as pró-reitorias de Extensão, de Assuntos Estudantis, de Graduação e de Recursos Humanos.

Política
De 16 a 20 de maio, nos campi Pampulha e Saúde e na Faculdade de Direito, será discutido o tema Por uma vida menos solitária. “A Universidade inteira, principalmente as pessoas que vivem o sofrimento mental, precisa saber que estamos trabalhando para construir essa política, de forma a poder colaborar”, afirmou Stella Goulart no 1º Conversatório.

Para que a comunidade acadêmica possa participar ativamente da construção dessa política, foi criado o endereço de e-mail saudemental@ufmg.br. Por meio dele, qualquer integrante da comunidade pode fazer comentários e sugestões à comissão.

Professora do Departamento de Psicologia, Maria Stella Goulart explica que a semana, promovida anualmente, é pautada na temática da saúde mental com foco na reforma psiquiátrica e no SUS, visando fomentar discussão e mobilização de diversas instituições envolvidas e atores sociais relevantes que têm-se articulado na afirmação da atual política de saúde mental brasileira, que preconiza o tratamento em liberdade e a promoção de saúde.

“A Semana de Saúde Mental tem o intuito de celebrar e divulgar o Dia Nacional da Luta Antimanicomial, 18 de maio”, ressalta a professora, lembrando que nessa data movimentos sociais e a rede de atenção à saúde mental promovem o intercâmbio de informações acerca de políticas públicas.

Leia mais:
Comissão realiza plenária de preparação para a 4ª Semana de Saúde Mental

Comunidade acadêmica debate diretrizes para semana de saúde mental

Instalada comissão encarregada de formular política de saúde mental da UFMG

Com Centro de Comunicação da UFMG.

    Contador de visitas: 539 visualizações

    Veja também: