Estudantes debatem luta antimanicomial no DAAB


Publicado em: Notícias - 13 de maio de 2008

Amanhã, quarta, 14 de maio, às 18 horas, o Diretório Acadêmico do curso de Enfermagem da UFMG, Damar, e os grupos Ciranda Liberdade e Espaço Saúde, formados por estudantes da área, promovem a “Roda de conversa sobre a luta antimanicomial”.

A Coordenação de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde enviará especialista para contribuir no debate.

Segundo Lorena Torres de Melo, aluna de Medicina do 6° período, uma das organizadoras, o objetivo da “Roda” é debater o assunto, “pouco discutido na Universidade”, e convidar os estudantes a participarem das atividades que serão organizadas no dia 16 de maio, em apoio à Luta Antimanicomial, cuja data oficial é 18 de maio.

Lorena alerta que a data reafirma a luta “por uma sociedade sem manicômios”, uma espécie de lema do movimento. “É preciso criticar a homogeneização da sociedade e os preconceitos”, analisa.

O tema deste ano é “Minas faz da luta pela liberdade sua diferença“. Na sexta-feira, dia 16, a Escola de Samba “Liberdade Ainda que Tan Tan”, da qual participam estudantes de vários cursos da UFMG, vai desfilar na av. Afonso Pena, a partir das 14 horas. “A concentração será na Praça Sete e todos estão serão bem-vindos”, convida Lorena, lembrando a necessidade de um outro mundo “possível e necessário”.

    Contador de visitas: 485 visualizações

    Veja também: