Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Internas

Estudantes de Tecnologia em Radiologia ganham novo espaço


Publicado em: InternasNotícias - 5 de Março de 2018

Nome do Diretório Acadêmico homenageia a cientista polonesa Marie Curie, única mulher a ganhar o Prêmio Nobel duas vezes.

O Diretório Acadêmico (D.A.) do curso superior de Tecnologia em Radiologia da Faculdade de Medicina da UFMG tem uma nova sede: a sala s131, no subsolo da Unidade, é o novo espaço para utilização dos alunos do curso, e fica aberta de segunda a sexta-feira, das 13h às 21h.

Luciana, Marlon, Jéssica e Pedro no espaço provisório do D.A. Foto: Carol Morena

Pedro Augusto, integrante da atual gestão, afirma que muitos dos alunos estudam e trabalham, e que o D.A. é um ponto de apoio no meio da rotina dupla: “Estamos aqui para ajudar os alunos. Agora, com esse espaço, podemos ter um pouco mais de conforto. Alguns estudantes chagavam do trabalho e deitavam no corredor para esperar o início das aulas”, conta.

Para Marlon Santos, frequentador do D.A., o espaço é importante tanto para utilização do local em si quanto como a materialização do curso: “A Radiologia é um curso novo, e estamos ganhando voz no campus Saúde aos poucos. É muito importante ter um espaço para representar os estudantes, dizer que estamos aqui”, acredita.

Segundo Walessa Braga, presidente do Diretório Acadêmico Marie Curie, a luta pelo espaço começou ainda na gestão anterior. “Essa luta começou em 2016, com a gestão Roentgen. Em 2017 conseguimos a sala s131, que é provisória. O espaço definitivo está previsto para ser onde se guardavam os materiais de cirurgia da Faculdade, que é espelhado com o D.A. do curso de Fonoaudiologia” conta.

Ainda segundo a presidente, foram necessárias muitas reuniões e planejamentos para que a sala fosse disponibilizada para o Diretório Acadêmico. “De pouquinho em pouquinho vamos conquistando nosso espaço dentro da Faculdade e deixando nossa marca”, acredita Walessa. De acordo com o diretor da Unidade, professor Tarcizo Afonso Nunes, a diretoria quer que o curso tenha seu espaço definitivo o quanto antes. “Estamos negociando os últimos detalhes com a arquiteta responsável e com os alunos, para então a sala ser entregue ao D.A de forma que possa acomodá-los confortavelmente”, revelou.

Madame Curie

Marie Curie: primeira pessoa e única mulher a ganhar o Prêmio Nobel duas vezes. Foto: Reprodução – MEC

O Diretório Acadêmico recebeu o nome de Madame Curie em homenagem à cientista polonesa Marie Curie, que descobriu que é possível medir a força de radiação do Urânio. Com o marido Pierre, Marie Curie também descobriu dois novos elementos radioativos: o rádio e o polônio. A cientista foi a primeira pessoa e única mulher a ganhar o Prêmio Nobel duas vezes.

Mais informações: damc.ufmg@gmail.com

 

 

 

    Contador de visitas: 193 visualizações

    Veja também: