Acesso interno

Impulso da morte e vida são pautas do Medcine com “Ensina-me a viver”


18 de setembro de 2019 - , , , ,


O conflito entre o desejo de viver e morrer é representado pelos personagens Maude e Harold no filme Ensina-me a viver. O longa-metragem dirigido por Hal Ashby, será exibido em 25 de setembro, próxima quarta-feira, às 18h15, sala Amílcar Vianna, andar térreo da Faculdade de Medicina da UFMG. A sessão é gratuita e aberta ao público.

Ensina-me a viver conta a história de dois personagens antagônicos que, apesar de compartilharem o mesmo gosto de acompanhar funerais, têm perspectivas diferentes sobre a vida. A partir do encontro de Maude e Harold, o longa faz uso de um humor ácido para propor reflexões de tabus como a morte e o relacionamento amoroso entre pessoas com idades diferentes.  

O geriatria e professor do Departamento de Clínica Médica, Rodrigo Ribeiro dos Santos, foi convidado para discutir a valorização da vida e o impulso da morte, temáticas presentes no filme. 

MedCine

As sessões do MedCine são realizadas mensalmente, gratuitas e abertas ao público interessado. O projeto é uma realização do Núcleo de Apoio Psicopedagógico aos Estudantes da Faculdade de Medicina da UFMG (Napem), com apoio do Diretório Acadêmico Alfredo Balena (DAAB) e do Centro de Comunicação Social (CCS) da Faculdade de Medicina da UFMG.