Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Doenças neuromusculares no Saúde com Ciência


Publicado em: Notícias - 2 de dezembro de 2011

O corpo pouco rígido e a demora, em crianças, para aprender a sentar-se ou a andar podem ser sintomas de um grave problema de saúde: as doenças neuromusculares. Existentes em mais de 40 modalidades, elas afetam, em média, uma em cada três mil e quinhentas pessoas e podem surgir em qualquer período da vida.

Distrofias Musculares, Esclerose Lateral Amiotrófica e Neuropatias são algumas das mais conhecidas doenças musculares, responsáveis por causar lesões nos músculos e no sistema nervoso. “Na criança, a primeira coisa que a gente nota é a fraqueza muscular. E também o que chamamos de hipotonia. Elas são mais ‘molinhas’”, alerta Juliana Gurgel, professora do departamento de Pediatria da UFMG. Os mesmos sintomas também são observados em adultos.

As doenças neuromusculares provocam deficiências físicas e motoras, além de sérios problemas de respiração. As causas para seu surgimento são distintas: podem ter origem genética, desenvolvidas a partir de uma mutação ou falha na molécula do DNA do gene, ou são chamadas de ‘adquiridas’, manifestando-se, normalmente, a partir da ação de vírus, fungos ou bactérias. “Boa parte delas são inflamatórias ou infecciosas, como a hanseníase,  por exemplo, que, além da pele, também afeta o nervo. Ou às vezes elas são consequências de doenças clínicas, como diabetes”, explica  o neurologista Leonardo Dornas, do Hospital da Clinicas da UFMG.

Embora não exista cura conhecida para esse tipo de doença, os tratamentos estão cada dia mais avançados, envolvendo profissionais de diversos setores, como médicos e fisioterapeutas. “Há um tratamento de suporte básico, que inclui vacinação básica, para evitar doenças do aparelho respiratório. Também é aconselhável evitar aglomerados e ter alimentação equilibrada”, recomenda Laura Belisario Lasmar, também professora de pediatria da UFMG. Em formas mais graves, o paciente vai usar um aparelho chamado “Ventilação não-invasiva”, que melhora a respiração .

Tema da semana

Outros sintomas, tipos e tratamentos para doenças neuromusculares podem ser conferidos no programa Saúde com Ciência que vai ao ar entre os dias 5 de 9 de dezembro. Confira a programação:

Doenças neuromusculares – Segunda-feira (05/12/2011)

Genética ou hereditária? – Terça-feira (06/12/2011)

O ar que eu respiro – Quarta-feira – (07/12/2011)

Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) – Quinta-feira (08/12/2011)

Corpo doente, mente sã – Sexta-feira (09/12/2011)

Sobre o programa de rádio

O Saúde com Ciência é desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG e tem a proposta de informar e tirar dúvidas da população sobre temas da saúde.

O programa é veiculado em vinte emissoras de rádio. Também é possível conferir as edições pelo site do Saúde com Ciência.

 

    Contador de visitas: 522 visualizações

    Veja também: