Film İzle | karımı gördünüz mü izle
Doenças cardiovasculares em homens no Saúde com Ciência – Faculdade de Medicina da UFMG

Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Dados do Ministério da Saúde e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comprovam o que o cotidiano já revela: homens cuidam menos da saúde do que mulheres. Do total de mortes na faixa etária de 20 a 59 anos, 68% são de homens. A expectativa de vida também está 7,6 anos abaixo da média das mulheres.

Na idade adulta, a partir dos 40 anos, uma das principais causas de morte no sexo masculino, ao lado de câncer e diabetes, são doenças cardiovasculares,  como infarto do miocárdio, angina de peito.

Fatores diversos explicam a predominância desse tipo de doença entre os homens. Em geral, segundo os médicos, eles têm uma qualidade de vida bem inferior à do sexo oposto: fumam mais, ingerem maior quantidade de bebida alcoólica, além de serem pouco adeptos às atividades físicas. Também estão mais sujeitos ao estresse. “A testosterona já é um hormônio que deixa a pessoa mais ativa. Bem diferente do estrogênio da mulher, que a deixa mais tranquila”, afirma a cardiologista e professora da Faculdade de Medicina da UFMG, Margarida Smith Maia.

Ingerir grandes quantidades de sal e alimentos gordurosos, e renegar as verduras e frutas contribuem para fragilizar a saúde masculina. “Ao beber álcool, eles também comem salgadinhos, petiscos gordurosos, torresmo”, aponta a professora.

Os especialistas são unânimes em dizer ainda que, em geral, o comportamento masculino contribui para o surgimento de doenças. “Os homens não têm costume de ir ao médico periodicamente. Só vão quando há um evento mais grave”, pondera Margarida Smith. Eles também têm mais dificuldade em seguir prescrições médicas.

Para evitar fazer parte das estatísticas das doenças cardiovasculares, o recomendável, segundo a cardiologista, é fazer a prevenção, com cuidados do corpo e da mente. É imprescindível alimentar-se bem e buscar atividades de distração.

Tema da semana

Outros aspectos que afetam a saúde do homem, como violência e envelhecimento, também são destaques da edição do programa Saúde com Ciência que vai ao entre os dias 8 e 12 de agosto. Confira a programação:

Você não é um super-homem – Segunda-feira, 08/08.

Homem idoso – Terça-feira, 09/08.

Violência – Quarta-feira, 10/08.

Coração – Quinta-feira, 11/08.

Vida saudável– Sexta-feira, 12/08.

Sobre o programa de rádio

O Saúde com Ciência é desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG e tem a proposta de informar e tirar dúvidas da população sobre temas da saúde.

O programa é veiculado em vinte emissoras de rádio. Também é possível conferir as edições pelo site do Saúde com Ciência.

 

    Contador de visitas: 967 visualizações

    Veja também: