Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Centro de Estudos articula espaço no Nescon


Publicado em: Notícias - 18 de novembro de 2008

A  formação de um espaço voltado para o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes) em Belo Horizonte foi um dos principais temas debatidos em reunião realizada na última quinta-feira na Faculdade de Medicina da UFMG.

A presidente do Cebes, Sônia Fleury, participou do encontro, promovido por pesquisadores do Nescon e aberto a professores, profissionais de saúde e estudantes, onde se debateu a democratização da saúde, além da Carta do Rio de Janeiro em Defesa da Seguridade Social.

O documento, que manifesta publicamente o repúdio de representantes da sociedade civil contra a atual proposta de Reforma Tributária, que, segundo eles, “fragiliza as bases jurídicas e financeiras da Seguridade Social”, foi elaborado pelo Cebes durante o seminário Seguridade Social e Cidadania, realizado em setembro.

Segundo Fleury, a importância do encontro na Faculdade de Medicina pode ser avaliada pela demonstração de interesse dos demais participantes para articular a fundação de um espaço Cebes em Belo Horizonte. “O Cebes é uma instituição que se pretende ser um espaço de debate. Então, é importante que seja plural”, destacou.

Próximos passos

Uma comissão com quatro representantes foi formada para mobilizar estudantes, pesquisadores, professores e profissionais dos serviços de saúde com o objetivo de fazer crescer a idéia central da iniciativa.

Posteriormente, em outro encontro, Sônia Fleury acredita que possa sair um denso trabalho de reflexão sobre a Reforma Sanitária no Brasil e, em especial, em Minas Gerais, como é o estilo de trabalho do Centro Brasileiro.

Leia também
Carta do Rio de Janeiro

Redação: Zirlene Lemos – Jornalista
Comunicação Nescon

    Contador de visitas: 300 visualizações

    Veja também: