Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Direitos das pessoas que vivem com HIV/Aids é debatido em aula aberta


Publicado em: AgendaExternas - 30 de Abril de 2018

*Raíssa César

 

Professor de Letras, Luiz Morando debate a produção teórica do ativista Hebert Daniel acerca dos direitos das pessoas que vivem com HIV/Aids

Na próxima sexta-feira, 4 de maio, a disciplina História da Medicina, oferecida pelo Centro de Memória da Faculdade de Medicina da UFMG (Cememor), promove a aula aberta “Hebert Daniel: identidade LGBT e os direitos das pessoas com HIV/Aids”.

O palestrante convidado é o professor Luiz Morando, do curso de Letras do Uni-BH. A aula será das 11h30 às 12h30, na sala s146, no andar subsolo da Faculdade de Medicina da UFMG, em frente ao Laboratório de Anatomia Humana.

A aula irá debater a produção teórica e os ideais do ativista na luta pelos direitos das pessoas que vivem com HIV/Aids, Herbert Daniel. De acordo com o professor Luiz Morando, Herbert foi o responsável por cunhar a expressão “pessoas que vivem com HIV/Aids”, sendo fruto de sua militância política durante o período de disseminação da epidemia do vírus no país.

“Para a área biomédica daquele momento, falar ‘paciente com HIV/Aids’ ou ‘doente com Aids’ trazia em si não apenas uma exclusão da possibilidade de vida, do ato de viver e de se manifestar enquanto cidadão”, afirma o professor. “Também ocultava sob a imagem do paciente/doente a potência de uma agência do ser humano naquilo que o implicava diretamente: a doença e a carga de discriminações e preconceitos que ela aportava consigo”, acrescenta.

Dessa maneira, a aula suscita um conjunto de elementos ligados aos direitos civis, sociais e sexuais da pessoa que vive com HIV/Aids. Traz a história de luta e militância de Herbert Daniel, o qual viveu com HIV/Aids até 1992, vivenciou o movimento de organização LGBT francês, fez parte da fundação da Associação Brasileira Interdisciplinar para a Aids (ABIA) e fundou o Grupo pela Valorização, Integração e Dignidade do Doente com Aids (Grupo pela VIDDA).

Luiz Morando
Formado em Letras pela UFMG em 1989, Luiz Morando se interessou pelas obras e publicações de Herbert Daniel e ingressou como voluntário no Grupo de Apoio e Prevenção à Aids de Minas Gerais (GAPA-MG) em 1992. Desde então, dedicou-se a conhecer as reflexões do ativista e autor, que é referência fundamental nesse o contexto político, social, cultural, ético e da saúde no Brasil, na virada dos anos 1980-1990. O professor também desenvolve pesquisa de resgate da memória das identidades LGBTQIA em Belo Horizonte, no período de 1950 a 1989.

História da Medicina
O Cememor oferece a disciplina História da Medicina, em que são discutidos temas como nascimento da ciência moderna e o desenvolvimento do método científico, a ciência contemporânea e seus desafios, a pesquisa e a discussão sobre novas fontes de história, por professores convidados. A disciplina é ofertada como optativa e de formação livre dentro do sistema da UFMG, mas a participação é aberta para qualquer pessoa, sem necessidade de inscrição prévia.

Mais informações: Cememor – 3409 9106

    Contador de visitas: 353 visualizações

    Veja também: