Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Dez anos de informações a serviço da qualidade de vida


Publicado em: ExternasRádio - 15 de Março de 2018

Saúde com Ciência completa uma década. Primeira série radiofônica foi ao ar em março de 2008

Há dez anos, no mês que a Faculdade de Medicina da UFMG faz aniversário, o programa de rádio Saúde com Ciência apresentava o slogan “A informação a serviço da qualidade de vida” e veiculava sua primeira série na Rádio UFMG Educativa, dedicada à saúde da mulher. De lá pra cá, o programa produzido pelo Centro de Comunicação Social (CCS) apresentou cerca de 415 séries inéditas e 2.075 pílulas, que resultam em quase 200 horas de informações para promoção da saúde e prevenção de doenças à população. Nesse período, o Saúde com Ciência recebeu prêmio nacional e passou a ser transmitido em 20 estados brasileiros, além de se tornar parte na formação de profissionais da saúde e servir como referência para o desenvolvimento de um livro a ser disponibilizado pelo Ministério da Saúde.

Em 2008, o programa começou a ser produzido pela então Assessoria de Comunicação da Faculdade de Medicina, coordenada à época pela jornalista Cláudia Lemos, tendo como jornalista responsável o servidor Marcus Vinicius dos Santos. Era uma parceria com a Escola de Enfermagem, Hospital das Clínicas e Centro de Comunicação da UFMG, que recebeu apoio da Caixa de Assistência à Saúde da Universidade (Casu) e CNPq. Em 2011, o programa foi vencedor do Prêmio Cidadania Sem Fronteiras, categoria Comunicação, do Instituto da Cidadania Brasil em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

O diretor da Faculdade, Tarcizo Nunes, Lucas Rodrigues e Gilberto Boaventura recebem a deputada federal Jô Moraes, responsável por propostas de emendas parlamentares para a compra de equipamentos na Faculdade, dentre eles o estúdio de rádio do CCS. Foto (setembro/2017): Carol Morena

Em 2012, a pedido da Diretoria da Faculdade, o atual coordenador do Centro de Comunicação Social, Gilberto Boaventura, iniciou um novo projeto para o programa, com a mudança na sua coordenação, reforçando a equipe com mais bolsistas e metas de ampliação. Isso culminou no aumento da audiência do programa: antes veiculado em 20 rádios, passou a ser transmitido por 186 rádios parceiras, além da Rádio UFMG Educativa, distribuídas por todas as macrorregiões de Minas Gerais e em outros estados (veja lista completa). No ano seguinte, ainda na gestão do professor Francisco José Penna (2010-2014), houve a inauguração do estúdio de rádio, financiado por emenda parlamentar federal, que trouxe mais qualidade na produção do programa.

No estúdio de rádio, a atual equipe de produção do Saúde com Ciência: Lucas e os estudantes de Jornalismo da UFMG, Marcos Paulo Rodrigues e Warlen Valadares. Foto: Carol Morena

Jornalista responsável pelo Saúde com Ciência desde 2012, Lucas Rodrigues ressalta a importância dessa ampliação para a construção e retorno das pautas: “Esse alcance democratiza a informação na medida em que pensamos de modo mais abrangente os assuntos a serem abordados, uma vez que a maior parte das rádios parceiras está concentrada nos interiores, e possibilita a participação de diferentes ouvintes por meio de plataformas variadas”. Além do e-mail do programa, ele lembra que, hoje, o Saúde com Ciência recebe dúvidas, críticas ou sugestões pelo Twitter, que contabiliza 2 mil seguidores, e WhatsApp, responsável pelo envio diário do programa a 213 ouvintes.

Formação de profissionais da saúde

Ao longo da sua existência, o Saúde com Ciência foi veiculado em ações do Projeto Rondon e na rádio intranet do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais. Atualmente, o programa também é utilizado pelo Curso de Aperfeiçoamento em Saúde da Família para Profissionais de Educação Física do Núcleo de Educação em Saúde Coletiva (Nescon) da UFMG, por meio da divulgação dos boletins eletrônicos mensais “Já refletiu sobre isso? Esta questão é sua!”“Saúde, Fique em Dia!”.

Compreensão oral para estrangeiros

No ano passado, os programas do Saúde com Ciência foram selecionados como base para o livro “Sou Todo Ouvidos! Curso de Compreensão Oral em Português como Língua Estrangeira para a Área Médica”, destinado a profissionais da saúde estrangeiros – especialmente médicos – que desejam aprimorar sua capacidade de compreensão oral em português. O material se organiza em 23 unidades, divididas em três seções: aquecimento, compreensão oral e expansão, cada qual elaborada a partir de uma pílula do Saúde com Ciência.

O responsável pelo projeto é o professor da Faculdade de Letras da UFMG, Leandro Diniz, que atua na área de Português como Língua Estrangeira (PLE) e coordena cursos para médicos estrangeiros no âmbito do programa Mais Médicos, juntamente com a professora da Universidade Estadual de Campinas, Ana Cecília Bizon, e a professora da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Simone Carvalho, ambas pesquisadoras na área de PLE. Segundo ele, a qualidade dos programas e a diversidade dos temas permitem um trabalho muito eficaz para o desenvolvimento da habilidade de compreensão oral em PLE. A obra, sem fins lucrativos, deverá ser publicada no site do Ministério da Saúde.

Linha do tempo

Acompanhe o primeiro programa da série inaugural “Saúde da Mulher”, veiculado pelo Saúde com Ciência em 17 de março de 2008. Na sequência, confira o programa de abertura da série “Sexualidade da Mulher”, que foi ao ar no último dia 5. Acima de cada um, o logo anterior e o atual:


Leia também: 

    Contador de visitas: 433 visualizações

    Veja também: