Conhecimentos à prova no Enade


Publicado em: Ensino - 23 de agosto de 2013

Cartaz Enade

*Notícia publicada no Saúde Informa

Guimarães Rosa, Ivo Pitanguy, Juscelino Kubitschek. O que você tem em comum com eles?

Grandes nomes da saúde, política, cultura e outras áreas. Todos carregam, em suas histórias, o nome da Faculdade de Medicina da UFMG. Em novembro, estudantes concluintes do curso de Medicina assumirão a responsabilidade de continuar essa história, deixando suas marcas, ao participar do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade).

“A Faculdade existe por causa do aluno. É ele o foco principal, o motivo da existência da instituição”, opina a coordenadora do colegiado do curso de Medicina, professora Alamanda Kfoury. Este ano, cerca de 160 alunos que estão finalizando a graduação farão a prova, que tem o objetivo de avaliar o conhecimento, habilidades e atualização com relação à realidade brasileira e mundial. “O Enade vai avaliar a formação do aluno como um todo. É o desempenho dele na prova que vai conferir uma boa avaliação para a instituição”, explica Alamanda.

Para a professora do Departamento de Clínica Médica da Faculdade, Graziela Chequer, uma das personagens da campanha veiculada na Faculdade de Medicina, o aluno que for fazer a prova deve se preocupar, principalmente, com a sua autoavaliação. “O exame é uma grande oportunidade para quem está saindo da graduação rever a sua formação, reconher suas falhas e trabalhar a sua segurança para enfrentar o mercado de trabalho. Tudo isso vai orientar as suas atividades futuras”, recomenda a professora.

Ingressantes
Os alunos de Medicina que ingressaram na Faculdade em 2013 também serão cadastrados para avaliação pelo exame. Porém, pela primeira vez desde a aplicação do Enade, esses alunos não farão a prova no mesmo ano.

A professora Alamanda explica que os ingressantes passarão pelo mesmo processo de cadastramento, porém, serão avaliados a partir da nota obtida no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). “Para nós, é um desafio
ainda maior. A nota do Enem considerada para ingresso no curso de Medicina já é muito alta. Quando este aluno sair, a nota do Enade vai ser a demonstração que o que ele aprendeu dentro da Faculdade foi significativo.
É um compromisso cada vez maior com o aluno formado aqui”, opina a coordenadora do curso.

Objetivo é nota máxima
A professora Alamanda lembra que, numa das edições anteriores, o curso chegou a atingir a nota máxima conferida pelo MEC (5), mas nas últimas avaliações vem mantendo o conceito 4. A preocupação, segundo a coordenadora, é sempre melhorar o posicionamento da instituição. “A Faculdade de Medicina da UFMG já foi considerada a quarta melhor do Brasil. Na última edição, apesar de mantermos a nota, não entramos nas 50 primeiras colocações no ranking”, lembra. “Sabemos que o nosso ensino é de qualidade, e contamos com o compromisso e responsabilidade de cada aluno para mostrar isso durante a prova. Podemos e queremos alcançar a nota 5”, afirma a professora.

Graziela Chequer completa: “A nossa Faculdade é uma das mais importantes do país. O nosso objetivo é deixar registrado, pelo Enade, o alto nível de tradição que cultivamos. É um estímulo para os professores que trabalham aqui e pretendem trabalhar, para os alunos que estão indo para o mercado e, também, para os alunos que estão pensando em cursar Medicina”, conclui a professora.

Tire suas dúvidas

Quando será realizado o Enade 2013?
A prova será aplicada no dia 24 de novembro, às 13h.

O Enade é obrigatório?
Sim. O estudante selecionado que não comparecer ao Exame estará em situação irregular junto ao Enade.

E se o concluinte não realizar a prova?
O aluno não poderá receber o seu diploma enquanto não regularizar a sua situação junto ao Enade.

Como são definidas as áreas que serão avaliadas no Enade?
O Ministério da Educação define, anualmente, as áreas propostas pela Comissão de Avaliação da Educação
Superior (Conaes). A periodicidade máxima de aplicação do Enade em cada área será trienal.

    Contador de visitas: 543 visualizações

    Veja também: