Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Colaboração entre áreas permeia programação do congresso de Fonoaudiologia


Publicado em: AgendaExternas - 11 de Maio de 2018

Tema do 3º Congresso de Fonoaudiologia, “Interprofissionalidade”, é diretriz publicada da Organização Mundial de Saúde de 2010.

 

O diálogo, intercâmbio e colaboração entre áreas do conhecimento serão temas das discussões do 3º Congresso de Fonoaudiologia da Faculdade de Medicina da UFMG, que acontecerá nos dias 24, 25 e 26 de maio na Unidade.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), educação interprofissional ocorre quando estudantes de duas ou mais profissões aprendem sobre os outros, com os outros e entre si para possibilitar a colaboração eficaz e melhorar resultados. “A interação com Medicina, Terapia Ocupacional, Farmácia, e até de cursos aparentemente mais distantes como Engenharia é a proposta do evento desse ano” acredita a professora Luciana Macedo Resende, coordenadora do Congresso.

O evento objetiva atualizar os conhecimentos em Fonoaudiologia, com ênfase em ciência, inovação e tecnologia sob a perspectiva multiprofissional. Segundo a professora, o congresso é importante para fazer atualização técnico-científica, divulgar os trabalhos desenvolvidos na pós-graduação e trocar conhecimentos. “Estarão presentes profissionais atuantes em várias áreas, professores e alunos. Uma das coisas mais interessantes é essa possibilidade de troca de informações entre academia e prática”.

Palestra magna
A palestra magna ocorrerá no primeiro dia do evento, às 19h, no Salão Nobre da Faculdade, com o tema: “Formação do profissional em saúde e interprofissionalidade”. A convidada para falar do assunto é a professora do Departamento de Fisioterapia da EEFFTO da UFMG, Ana Maria Chagas Sette Câmara.

“Interprofissionalidade diz respeito a trabalho em conjunto, colaboração. É a partir dessa perspectiva que podemos vislumbrar uma assistência excelente” afirma Ana Maria. A professora participou do Programa de Educação pelo Trabalho em Saúde (PET-Saúde), instituído pelos Ministérios da Saúde (MS) e da Educação (MEC) para fomentar grupos de aprendizagem na Estratégia de Saúde da Família, de 2008 a 2012.

Programação
Nos três dias de evento acontecerão oficinas, mesas redondas, palestras, conferências e lançamento de livros. Dentre os palestrantes há professores de outras universidades, representantes da Prefeitura de Belo Horizonte, profissionais atuantes da área de saúde e indústria farmacêutica.

As oficinas farão parte da abertura do Congresso. A proposta é intercalar teoria e prática em workshops oferecidos por instituições e grupos de fora da Faculdade.

Dentre os temas discutidos no Congresso, estão a dificuldade de aprendizagem de escolares, ronco e apneia e residência multiprofissional. Serão discutidos assuntos da área de linguagem, audiologia, voz, saúde-coletiva, e práticas interprofissionais.

Educação Interprofissional e Prática Colaborativa
Foi publicado, em 2010, o Marco para Ação em Educação Interprofissional e Prática Colaborativa, resultado de um Grupo de Estudos da OMS. A pesquisa objetiva fornecer estratégias e ideias que auxiliarão a educação interprofissional de saúde e a prática colaborativa.


Inscrições

As inscrições para submissão de trabalhos estão encerradas, mas as inscrições como ouvintes podem ser feitas pela internet, com preço promocional, até a véspera do Congresso, e no dia do evento.
Acesse a programação completa do 3° Congresso.

Mais informações: Departamento de Fonoaudiologia – 3409-9117 ou 3congressofono@gmail.com

 

 

    Contador de visitas: 91 visualizações

    Veja também: