Notícias Internas

Ciclo DesConstruções promove debate sobre loucura e sofrimento mental


Publicado em: AgendaInternas - 10 de maio de 2018

Com o objetivo de desmitificar o estigma e o preconceito que cercam a loucura e as pessoas com sofrimento mental, o Núcleo de Estudos Organizacionais e Sociedade (Neos) promove, na sexta-feira, 11, a partir das 9h, o ciclo de debates “DesConstrução com o tema Sofrimento mental de quem? Loucura: mito, estigma e preconceito”. O debate, gratuito e aberto ao público, será realizado no auditório 2 da Face, no campus Pampulha.

Segundo a OMS, uma a cada dez pessoas no mundo apresenta algum tipo de distúrbio mental, e no Brasil esse número chega a 23 milhões de pessoas (IBGE 2010). Muito já se avançou na desmitificação da loucura desde a reforma psiquiátrica implantada no país na década de 1980. Ela defende a sociabilidade – em contraponto à hospitalização que predominava até então –do indivíduo que precisa de tratamento.

Superação do estigma
Nesse sentido, o Neos encara a loucura como uma construção e não como incapacitante ou passível de isolamento. Com o debate, o grupo pretende direcionar olhares para modelos que visam à superação do estigma e do preconceito que cercam o assunto.

O debate contará com a participação de Virgílio de Mattos, advogado criminalista, doutor em Evolução dos Direitos e Novos Direitos e integrante do Fórum Mineiro de Saúde Mental, e Patrícia Siqueira Silveira, coordenadora do Projeto Inclusão de Pessoas com Deficiência em Minas Gerais, da Superintendência Regional do Trabalho. A mediação será feita pela doutoranda Fabiana Florio, do Programa de Pós-graduação em Administração do Ceapead/UFMG e pesquisadora do Neos.

Para participar é necessário fazer inscrição prévia online.

Mais informações: 3409 7235, 3409 7238 ou no site do Neos.

Redação:
Cedecom/UFMG

    Contador de visitas: 122 visualizações

    Veja também: