Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Cememor passa por revitalização


Publicado em: Notícias - 24 de julho de 2013

*Notícia publicada no Saúde Informa

O Centro de Memória da Medicina está em reforma, com o objetivo de estender, aprimorar e modernizar as exposições do local. Em fase de conclusão, o chamado “Corredor da Memória”, na lateral do Cememor,
no andar térreo da Faculdade, será equipado com televisores que irão exibir imagens de várias peças do acervo, como livros, documentos, quadros, esculturas e outras peças que fazem parte da história da instituição.

corredordamemoria_270613_brunacarvalho_06

Vitrines do museu ganharam vidros temperados. Foto: Bruna Carvalho.

De acordo com o engenheiro da Faculdade de Medicina da UFMG, Vinícius Milleo, as principais modificações feitas no corredor foram vedação com forro de gesso e instalação de painéis de madeira, além da colocação de vidros temperados nas vitrines do museu.

Agora, o setor de Arquitetura e Engenharia aguarda apenas a chegada de luminárias para a finalização da obra. Depois disso, segundo Vinícius Milleo, em pouco tempo o corredor estará pronto. Quando os espaços físicos forem concluídos, profissionais da Museologia serão convocados para ajudar na elaboração dos novos projetos e exposições.

corredordamemoria_270613_brunacarvalho_12

Corredor será equipado com televisores, que exibirão imagens sobre o acervo. Foto: Bruna Carvalho.

Anatomia
O espaço do Cememor também será utilizado pelo Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal, com outro tipo de acervo: membros do corpo humano, cérebros, fetos, dentre outras peças importantes da anatomia do homem. A chefe do departamento, professora Paula Vidigal, lembra que o acervo já existe, no terceiro andar, no corredor da biopsia, mas ganhará maior visibilidade com a exposição no Cememor. Segundo ela, alunos da Liga Acadêmica de Patologia, um projeto de extensão, ajudaram a restaurar o acervo que, a princípio, terá 50 peças.

Microscópio
Outra novidade no Cememor será um espaço inteiramente dedicado ao primeiro microscópio eletrônico da Faculdade de Medicina da UFMG. O equipamento foi adquirido na década de 1960, para a inauguração do extinto Centro de Microscopia Eletrônica. Ao longo de 16 anos, o centro foi dirigido pelo professor Washington Luiz Tafuri, que faleceu em abril deste ano. Tafuri foi responsável pela publicação de cerca de 80 trabalhos
relacionados às pesquisas microscópicas, por isso, o espaço será também uma homenagem ao professor.

    Contador de visitas: 863 visualizações

    Veja também: