Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Capacitação busca favorecer tratamento de asma


Publicado em: Notícias - 29 de Abril de 2011

Divulgação

No dia 3 de maio, a Organização Mundial de Saúde (OMS) comemora o Dia Mundial de Combate à Asma. Motivado pela data, o grupo de Pneumologia Pediátrica da Faculdade de Medicina da UFMG irá lançar na próxima terça-feira, 3 de maio, o programa de Capacitação para Implementação de Programas Públicos de Asma a Distância. Coordenada pelo professor Cássio da Cunha Ibiapina, a medida visa ensinar aos médicos como usar leis, portarias e regulamentações em prol de quem sofre com esta doença.

A iniciativa é fruto de uma parceria entre o grupo de Pneumologia Pediátrica e o Núcleo de Telessaúde do Centro de Tecnologia em Saúde da Faculdade de Medicina. A primeira cidade a receber o projeto será Ouro Preto, mas a perspectiva é que ele alcance todo o Brasil. “Hoje em dia, poucas cidades tem programa de assistência ao asmático”, alerta Ibiapina.

Segundo o professor, a ideia é organizar a atuação dos especialistas que buscam a conscientização das prefeituras sobre a importância de investir no tratamento da asma. “Muitas vezes o médico não sabe como pode ajudar os asmáticos. Aqueles que sabem, esbarram em uma grande dificuldade que é a falta de conhecimento do que pode ser feito”, completa Ibiapina.

Asma em debate
A Associação Brasileira de Asmáticos de Minas Gerais (Abra-MG) também aproveitará a data da OMS para promover uma palestra. Pesquisadores e médicos estão sendo convidados para discutir o tema “Como a rinite pode piorar a asma”. A palestra será aberta ao público e acontece às 19h, na sede da Associação Médica de Minas Gerais localizada na avenida João Pinheiro, 161.

A asma é a causa de 250 mil mortes prematuras ao ano, segundo a OMS. São aproximadamente 300 milhões de pessoas com a doença em todo mundo e nem todas tem acesso a um tratamento adequado.

Atualizada em 3 de maio, às 13h30.

    Contador de visitas: 1.113 visualizações

    Veja também: